Sociedade | 19-03-2018 10:31

Junta de Vila Franca de Xira remove árvores perigosas

Árvores estão para abater desde Fevereiro do ano passado.

Ao longo das próximas semanas a Junta de Freguesia de Vila Franca de Xira vai proceder ao abate de 16 árvores localizadas no interior e nas imediações da escola Dr. Sousa Martins, no Bom Retiro. São árvores que estão em más condições fitossanitárias e colocam em risco a segurança de pessoas e bens que se aproximem delas, segundo um parecer técnico da Câmara de Vila Franca de Xira de 10 de Fevereiro de 2017.

O parecer alerta para o “elevado risco” destas árvores caírem sob as pessoas e o executivo da junta, liderado pelo socialista João Santos, defende que o abate que agora se realiza “já deveria ter sido realizado pelo anterior executivo” da CDU, pois desde Fevereiro de 2017 que recebeu a solicitação do abate por parte da câmara mas não actuou. A intervenção de abate deverá prolongar-se por várias semanas.

Nas últimas reuniões públicas de câmara o presidente do município, Alberto Mesquita (PS), já havia dito que bastantes árvores no concelho que estão dentro ou próximo de recintos escolares são inadequadas e representam riscos para a saúde pública. Na maioria dos casos as árvores abatidas – predominantemente choupos - serão substituídas por outras árvores, que não causem alergias com a libertação de sementes nem causem danos com as suas raízes nos canos subterrâneos de água.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo