Sociedade | 11-05-2018 20:35

Derrame de gordura animal corta acesso a Raposa

Derrame de gordura animal corta acesso a Raposa
Foto O MIRANTE

A Infraestruturas de Portugal utilizou pó de pedra na zona do derrame para absorver a gordura.

Um camião derramou gordura animal na Estrada Nacional 114, à entrada de Raposa, concelho de Almeirim. O derrame, por volta das 16h00 desta sexta-feira, 11 de Maio, estendeu-se por cerca de 500 metros e obrigou ao corte da estrada durante perto de três horas. A gordura, que se destinava a uma fábrica em Lamarosa, Coruche, que transforma e incinera subprodutos animais, transbordou do camião devido a uma travagem. O condutor do veículo foi identificado pela GNR e incorre agora numa multa no mínimo de 120 euros. Pode ainda ser responsabilizado a pagar o tempo que a estrada esteve cortada e os custos com a limpeza. A Infraestruturas de Portugal utilizou pó de pedra na zona do derrame para absorver a gordura.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1376
    07-11-2018
    Capa Vale Tejo