Sociedade | 24-05-2018 09:31

Câmara de Almeirim adere à Rede Solidária do Medicamento

Objectivo é garantir o acesso a medicamentos a qualquer cidadão que se encontre numa situação de carência económica.

A Câmara de Almeirim celebrou um protocolo com a Associação Dignitude, entidade responsável pelo desenvolvimento, operacionalização e gestão do “programa abem: Rede Solidária do Medicamento”. Para já, a autarquia, numa primeira fase, vai apoiar 50 pessoas.

O objectivo é garantir o acesso ao medicamento em ambulatório a qualquer cidadão que se encontre numa situação de carência económica e que o impossibilite de adquirir os medicamentos comparticipados que lhe sejam prescritos por receita médica. O valor que deveria ser pago pelos beneficiários sera da responsabilidade da câmara, das farmácias aderentes e dos vários parceiros do “programa abem”.

Ao todo, na região são seis as instituições que já aderiram à Rede Solidária do Medicamento: os municípios de Sardoal, da Chamusca e de Santarém, a Cáritas Diocesiana de Santarém, a vila de Ferreira do Zêzere e a freguesia de Minde (Alcanena).

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo