Sociedade | 16-06-2018 00:10

Carteira que roubou cartões de crédito lesou 15 pessoas em 10.000 euros

Foi-lhe aplicada a medida de coação de apresentações periódicas no posto da sua área de residência.

A carteira detida na quinta-feira por suspeita de desvio de correspondência e utilização abusiva de cartões de créditos lesou 15 pessoas em cerca de 10.000 euros, tendo ficado sujeita a apresentações periódicas no posto da sua área de residência.

Em comunicado, a GNR refere que a mulher, com 40 anos e residente em Valada, no concelho do Cartaxo usava os cartões de crédito que retirava de correspondência que não entregava aos destinatários, residentes no concelho vizinho de Salvaterra de Magos.

O Comando Territorial de Santarém da Guarda Nacional Republicana (GNR) afirma que a detenção, realizada por militares do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Coruche, ocorreu na sequência de uma investigação que durava há cerca de seis meses, tendo sido dado cumprimento a dois mandados de busca domiciliária, nos concelhos de Salvaterra de Magos e do Cartaxo.

Presente na sexta-feira a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial da Comarca de Santarém, foi-lhe aplicada a medida de coação de apresentações periódicas no posto da sua área de residência.

Na quinta-feira, a Procuradoria da Comarca de Santarém revelou, em comunicado, que a arguida está “fortemente indiciada” pela prática dos crimes de peculato, violação de correspondência e burla informática e nas comunicações.

A investigação conduzida pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Benavente que levou à identificação da arguida decorreu após várias denúncias por utilização abusiva de cartões de crédito ocorridas nas zonas de Coruche e de Salvaterra de Magos.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo