Sociedade | 02-08-2018 18:02

Tinha pavor a ambulâncias e morreu dentro de uma

Tinha pavor a ambulâncias e morreu dentro de uma
A filha de José Alves, Cidalina Alves, e a familia aguardam o relatório da autópsia da vítima

José Alves morreu numa colisão quando estava a ser transferido entre hospitais do Médio Tejo.

A vítima mortal do acidente com uma ambulância no nó da A13 na Atalaia, Vila Nova da Barquinha, tinha pavor de andar nestas viaturas e acabou por morrer dentro de uma quando era transferido do Hospital de Tomar para o de Abrantes. Cidalina Alves comove-se ao falar do assunto e em lágrimas diz que parece que o pai, José Alves, adivinhava um desfecho trágico numa ambulância quando tinha tanta relutância a entrar nelas. O acidente ocorreu no dia 23 de Julho e apesar de não causar ferimentos no motorista e socorrista que acompanhavam o doente, de 91 anos de idade, estes dois estão de baixa médica por terem ficado afectados psicologicamente.

Notícia completa na edição em papel já nas bancas

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo