Sociedade | 18-08-2018 08:24

Bombeira com 78 anos continua ao serviço da população

Bombeira com 78 anos continua ao serviço da população

Isilda Patrício vestiu pela primeira vez a farda dos Bombeiros Voluntários de Azambuja há 43 anos.

Isilda Patrício tem 78 anos e é bombeira de primeira do quadro de honra dos Bombeiros Voluntários de Azambuja. Apesar da idade continua a trabalhar na corporação oito horas por dia, cinco dias por semana, como voluntária. A sua fonte de rendimento é a pensão de 290 euros que recebe desde que se reformou por invalidez, aos 38 anos. Já não exerce funções operacionais, mas o dever e a vontade de ajudar dão-lhe força para prosseguir a sua missão de ajudar o próximo.

Natural de Azambuja, ingressou como voluntária nos bombeiros da vila em 1975, quando ser bombeiro implicava dedicação a uma causa sem que a formação acompanhasse os desafios que iam surgindo. “Tinha apenas o curso de primeiros socorros, o resto era ao desenrasca”, afirma a bombeira.

O medo assaltou-a diversas vezes, mas a vontade de ajudar vencia sempre. Lembra o cheiro a terra queimada, o calor das chamas, a aflição do povo e dos homens que estavam ao seu lado, a combater as labaredas. “Nunca desisti. Tinha medo mas não sou mulher de me queixar”, diz convicta das suas palavras.

REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO EM PAPEL JÁ NAS BANCAS

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo