Sociedade | 11-02-2019 10:00

Parlamento chumba eliminação de portagens na A23

Parlamento chumba eliminação de portagens na A23
PORTAGENS

Projectos de resolução do PCP, BE e PEV foram rejeitados com votos contra do PS e abstenção do PSD e do CDS-PP.

O parlamento chumbou, a 8 de Fevereiro, os projectos de resolução do PCP, BE e PEV que recomendavam a eliminação das portagens em várias auto-estradas, onde se incluía a A23. Os projectos foram votados em conjunto, tendo sido rejeitados, com votos contra do PS e do deputado não inscrito Paulo Trigo Pereira, abstenção do PSD, CDS-PP e três deputados socialistas, e a favor do BE, PEV, PCP e 14 deputados do PS.

Edite Estrela, ex-dirigente socialista e a ex-secretária de Estado Margarida Marques, votaram a favor da eliminação das portagens na A23, auto-estrada da Beira Interior, uma das vias de acessibilidade estruturantes e estratégica para toda a mobilidade nos distritos de Santarém, Portalegre, Castelo Branco e Guarda.

Na mesma sessão foi aprovado, e baixou à sexta comissão, o projecto de resolução do PSD que recomendava ao Governo a redução de portagens na denominada Auto-estrada do Pinhal do Interior (troço da A13 entre o Entroncamento e Coimbra).

Durante a discussão no plenário, antes da votação, Eduardo Machado, do PCP, lembrou que o partido queria travar “a injustiça de vários anos” que se assiste de norte a sul do país, “de Viana ao Algarve”, com as populações “a pagar para encher os bolsos das concessionárias” sem alternativas viáveis.

O parlamento chumbou também os projectos de resolução que recomendavam a eliminação das portagens nas auto-estradas A24, A25 e na A22, mais conhecida por Via do Infante, no Algarve.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1390
    13-02-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1390
    13-02-2019
    Capa Médio Tejo