Sociedade | 11-02-2019 18:00

Programa de limpeza fez diminuir área ardida no concelho de Torres Novas

Programa de limpeza fez diminuir área ardida no concelho de Torres Novas

Operação Floresta Segura vai repetir-se em 2019 com mais fiscalização.

Dos 182 terrenos sinalizados no concelho de Torres Novas 148 foram limpos voluntariamente pelos proprietários em 2018, ou seja, 81 por cento (%), um valor acima da média nacional. Os números foram apresentados pelo major Pinto Reis, da Guarda Nacional Republicana (GNR), durante a apresentação da Operação Floresta Segura do concelho de Torres Novas para o ano de 2019, que decorreu na Câmara de Torres Novas, na manhã desta segunda-feira, 11 de Fevereiro. O o oficial da Guarda considera que o facto dos terrenos terem sido limpos voluntariamente pelos proprietários levou a que tenha havido uma diminuição do número de ignições e área ardida.

Em 2017 houve 64 incêndios e em 2018 o número baixou para 45, ou seja, menos 29,79%. Em relação à área ardida, em 2017 arderam 36% de terrenos enquanto em 2018 arderam 22%. A GNR levantou 34 autos durante a operação do ano passado; identificou 29 terrenos em incumprimento e no total foram levantados 63 autos relativos a fiscalização e denúncias durante a operação. Após o levantamento dos autos, 45 proprietários limparam os seus terrenos voluntariamente, sendo que a Câmara de Torres Novas substituiu-se aos aos prevaricadores em aproximadamente 31 mil metros quadrados nas freguesias de Pedrogão, Chancelaria e União de Freguesias São Pedro, Ribeira Branca e Lapas.

Para 2019 fica já o aviso de que a GNR e o serviço de Protecção Civil da Câmara de Torres Novas, vão intensificar a fiscalização, promovendo uma presença mais assídua junto dos proprietários dos terrenos e aumentar a proximidade à população rural. Além disso, vão ter um posto móvel, caracterizado e preparado para esclarecer os proprietários. “Neste posto móvel podem ser feitas denúncias e também vai servir para esclarecer os proprietários que tenham dúvidas sobre os seus terrenos e o que devem limpar”, reforçou. O presidente da Câmara de Torres Novas, Pedro Ferreira (PS), disse que esta colaboração entre o município e a GNR tem dado frutos e que é muito importante consciencializar as pessoas para a importância e necessidade de cuidarem dos seus terrenos.

A primeira fase da Operação Floresta Segura do concelho de Torres Novas começa a 18 de Fevereiro e termina a 15 de Março. A verificação do cumprimento de limpeza de terrenos tem início no dia 1 de Abril.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1390
    13-02-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1390
    13-02-2019
    Capa Médio Tejo