Sociedade | 14-04-2019 18:00

Câmara de Tomar embarga obras no centro histórico por falta de licenças

Vice-presidente diz que é importante haver mais civismo por parte dos cidadãos

A Câmara de Tomar embargou, nos últimos dois ou três meses, algumas obras de requalificação de edifícios no centro histórico da cidade porque os proprietários não pedem as licenças necessárias. A informação foi dada pelo vice-presidente, Hugo Cristóvão (PS), depois do vereador da oposição, José Delgado (PSD), ter demonstrado a sua preocupação com as lojas antigas do centro histórico e a necessidade de preservar o património cultural da cidade.

Hugo Cristóvão disse que é importante haver civismo por parte dos cidadãos. “As pessoas sabem que têm que pedir licenças na câmara municipal para fazerem obras, mas algumas não o fazem. É uma cultura muito portuguesa de contornar as regras”, realçou.

Notícia completa na edição de O MIRANTE já nas bancas

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1398
    10-04-2019
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1398
    10-04-2019
    Capa Vale Tejo