uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Impulsivo Manuel Serra D’Aire

Edição de 23.04.2003 | E-mails do outro mundo
Nem na Quaresma guardaste abstinência na descasca de políticos e afins. É admirável a tua perseverança, mesmo quando muitos cristãos se entregam ao jejum, à renúncia e à oração. Mas realmente concordo contigo: não se podem perder as oportunidades e mal empregadas as que caíram no chão.Também para mim é um mistério saber porque é que o Governo coloca uns engravatados a ganhar um balúrdio para fingir que dirigem certos organismos distritais. E digo fingir porque os homens, coitados, nem abrir a boca podem quando um jornalista lhes pede esclarecimentos ou explicações. Quanto mais pensar!! Não bastaria um porteiro ou um telefonista para desempenhar essas funções? Que grandes artistas me saíram estes políticos do início do século XXI.Outro artista, também da palavra e da escrita, é o poeta Vasco Graça Moura. Segundo me disseram, o homem, que agora é elemento da Assembleia Municipal de Santarém, escreveu ao presidente francês Chirac lembrando-lhe o património nacional que os franceses levaram com eles após as invasões ao nosso país. Se a escalabitana malta do património descobre, vai concerteza perguntar-lhe porque é que até agora ninguém o ouviu piar sobre os túmulos reais que foram de Santarém para Lisboa no século XIX e que até à data por lá ficaram. É a velha megalomania nacional. O companheiro Vasco não escreve sobre qualquer coisa e a qualquer um. Vejam lá se escreveu ao seu colega de partido que é ministro da Cultura? É o escreves!! Escrituras só de presidente para cima e de preferência estrangeiro. Porra que o indivíduo é fino!Manel, fiquei abismado com aquela história da ETAR de Alcanena. Então andaram-se a enterrar ali milhões de contos e aquela literal porcaria continua a mandar esgotos para o Alviela sem serem tratados? Que raio de merda é esta? Quem é que fiscaliza a aplicação dos dinheiros públicos? Quem pune os responsáveis pela poluição do meio ambiente? Ninguém!!! Pelos vistos a polícia prefere atirar-se a empresários honestos e trabalhadores que tudo fazem para que não nos falte nada. Como o caso que sucedeu em Tomar na semana passada. Fecharam uma casa onde trabalhavam pacatas meninas, algumas delas estrangeiras, que tinham naquele emprego o seu ganha-pão para sustentarem o corpinho que Deus lhes deu e que nós íamos apreciando. Agora, acabou-se! A região, já parca em divertimentos, perde assim um dos seus poucos pontos de interesse a merecerem visita cá do rapaz, a par com o pinhal de Muge e a recta da Atalaia. Aquilo era uma casa recheada de autênticos monumentos, de pedaços de carne de provar mesmo em dia de abstinência pascal. Património capaz de ombrear com as pegadas de dinossauro, com a capelinha das aparições, com a janela manuelina ou com a Monumental de Santarém...Lavado em lágrimas por tão grande perda, envio-te um abraço em correio azulSerafim das Neves

Mais Notícias

    A carregar...