uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Caça proibida nas zonas afectadas pelo fogo

Edição de 13.08.2003 | Incêndios
A caça está proibida em todas as freguesias de cinco concelhos do distrito de Santarém e parcialmente em outros sete, no decorrer da época venatória 2003-2004. A medida foi decretada pelo Governo, sexta-feira, na sequência dos incêndios florestais e abrange uma série de outros concelhos em cinco distritos. No distrito de Santarém a caça está proibida em todas as freguesias de Alpiarça, Chamusca, Constância, Golegã e Mação e em muitas freguesias de Abrantes, Alcanena, Almeirim, Santarém, Sardoal, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha. A medida, segundo uma nota do Ministério da Agricultura, foi tomada tendo em conta a necessidade de preservar as espécies cinegéticas na sequência dos incêndios que consumiram vastas áreas agrícolas, de mato e de floresta.A interdição total da caça abrange não só as zonas mais afectadas pelo fogo, como as áreas contíguas, “de forma a criar uma envolvente que permita a protecção e a recuperação” das espécies cinegéticas e da restante fauna silvestre.A medida, que entra imediatamente em vigor, abrange sete concelhos do distrito de Castelo Branco, dois de Coimbra, um da Guarda, quatro de Leiria, dez de Portalegre e doze de Santarém.Os incêndios registados este ano em Portugal destruíram já 162 mil hectares de florestas, o equivalente a 20 vezes a área do concelho de Lisboa, provocaram 15 mortos e levaram à detenção de 36 pessoas, suspeitas de fogo posto.

Mais Notícias

    A carregar...