uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Há dinheiro para novo mercado de Tomar

Edição de 22.10.2003 | Sociedade
O vereador da Câmara de Tomar responsável pelos mercados garantiu ao nosso jornal que a câmara irá investir 1,5 milhões de contos na construção de um novo edifício, com a verba a ser incluída já no orçamento do próximo ano. Um investimento feito à revelia do Programa Polis, que contempla apenas o reordenamento do espaço exterior do mercado, situado na margem esquerda do rio Nabão.As condições do mercado municipal de Tomar não são más, são péssimas. Durante mais de duas décadas as pessoas têm-se queixado mas nunca assumiram uma posição de força perante a câmara. Todos se queixam, mas as queixas não saem daquele edifício degradado, cujas paredes apresentam um branco e verde desbotado e, em muitos locais, já com a pintura descascada. Nas casas de banho só deve entrar quem está mesmo muito aflito. O cheiro nauseabundo que dali sai afasta quem se atreve a passar da porta. Há duas torneiras de água para muitas dezenas de bancas, metade das quais de peixe.Os únicos sistemas de frio existentes são os dos talhos, adquiridos por cada um dos proprietários. As bancas são pequenas e grande parte dos produtos estão expostos em caixotes, no chão.A degradação do mercado municipal não é uma novidade para o executivo camarário. Mas Ivo Santos, o vereador que tomou conta do pelouro, após a suspensão do seu colega António Fidalgo, afirmou que qualquer melhoramento neste momento seria apenas uma “obra de fachada”. As coisas estão tão más que o vereador acabou por admitir que não mexeria no actual edifício “por não saber por onde começar”.

Mais Notícias

    A carregar...