uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
PSD quer conquistar Vila Franca

PSD quer conquistar Vila Franca

Miguel Relvas insistiu na necessidade de escolher os melhores candidatos

O PSD tem de escolher os melhores candidatos e nem sempre os melhores são os que estão mais próximos das bases do partido. A ideia foi vincada por Miguel Relvas, secretário de Estado da Administração Local que na sua condição de dirigente nacional do PSD participou no jantar de Natal dos militantes e simpatizantes do partido na quinta-feira, 11 de Dezembro, em Vila Franca de Xira.

Edição de 17.12.2003 | Política
Perante uma plateia com uma centena de convidados, Miguel Relvas mostrou-se esperançado numa vitória nas eleições autárquicas de 2005, mas insistiu na necessidade do PSD “trabalhar muito”. “Temos de nos esforçar muito mais que o PS porque eles são poder e nós nunca governámos Vila Franca e não temos uma única freguesia deste concelho”, disse.O secretário de Estado enalteceu as qualidades do vereador Rui Rei (o único eleito social democrata na câmara), que é também presidente da comissão política concelhia do PSD, mas sublinhou que o jovem autarca precisa de apoio. “Ele sabe o que quer para o concelho e tem consciência que pode ganhar a câmara, mas terá de escolher os melhores”, frisou.Miguel Relvas referiu que o PSD tem de abrir as portas aos independentes porque “há bons valores que não sendo militantes podem ser excelentes candidatos aos olhos das populações”.Sem nunca criticar a gestão socialista no concelho de Vila Franca de Xira, o governante falou das vantagens da alternância democrática e pediu aos militantes e dirigentes que não esqueçam o papel dos órgãos de freguesia, a base do poder local. “É por aí que temos de começar”, disse.O presidente da distrital de Lisboa do PSD, António Preto lembrou que não há impossíveis e recordou as vitórias do partido em Lisboa, Porto, Coimbra e Cascais. “Poucos acreditavam que Durão Barroso viesse a ser Primeiro-Ministro e nós conseguimos”, referiu.A noite laranja ficou marcada pela emoção do vereador Rui Rei que cancelou a sua intervenção devido a um incidente com o vice-presidente da comissão política concelhia, Fernando Santos (ver caixa). O autarca deixou cair algumas lágrimas. “Um grande amigo meu e um grande amigo do PSD sofreu uma indisposição e foi para o hospital eu vou ter que ir com ele. Peço desculpa…”.Os militantes reagiram com uma forte ovação, mas o ambiente na sala nunca mais foi o mesmo e a noite que os social democratas previam de festa foi triste.O presidente da JSD de Vila Franca, Bruno Ventura fez as honras da casa, mas também não conseguiu contornar o ambiente. “O Fernando Santos caiu, mas levantou-se e amanhã já vai estar ao nosso lado. É assim que o PS tem de nos passar a ver. Somos lutadores e vamos ganhar”, conclui.Para os social democratas de Vila Franca de Xira, 2004 será o ano zero da mudança e é muito provável que o PSD abra as portas ao PP para uma aliança democrática.
PSD quer conquistar Vila Franca

Mais Notícias

    A carregar...