uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
A morte chegou de madrugada

A morte chegou de madrugada

Acidente em Tomar faz três mortos e quatro feridos

Três mortos e quatro feridos, dois dos quais em estado grave, é o resultado do aparatoso acidente que, na madrugada de sábado, ocorreu entre Carvalhos de Figueiredo e Vale Cabrito, na periferia de Tomar.

Edição de 17.12.2003 | Sociedade
Tiago Patrício, Ivo Afonso, ambos de 21 anos, e Tânia Pereira, de 17, perderam a vida ao quilómetro 101 da estrada nacional (EN) 110. Os destroços dos dois veículos que colidiram de frente, na madrugada de sábado passado, já há muito que foram retirados da via, mas os ramos de flores que os amigos depositaram no local não deixam esquecer a tragédia.Uma tragédia que envolveu sete jovens, entre eles três pares de namorados. Ivo Afonso e a namorada Tânia morreram juntos, encarcerados no Renault 11 conduzido por Júlio Miguel Silva, funcionário da Aral (concessionária da Volkswagen em Tomar), o mais velho dos acidentados, com 29 anos.Júlio, Ivo, Tânia, e outros dois amigos, Marco André Cardoso e a namorada Soraia Mesquita, regressavam à cidade depois de terem ido comprar pão quente a uma padaria situada na zona industrial. Mas ficaram a meio do percurso.Tiago Patrício deslocava-se com o seu Fiat Punto no sentido inverso. Ia levar a namorada Patrícia Nunes, de 18 anos, a casa, situada na Meia Via, concelho de Torres Novas.Ao quilómetro 101 os veículos encontraram-se. E deu-se a tragédia. Para a qual deve ter contribuído o intenso nevoeiro que pairava sobre a zona, tornando o piso escorregadio e perigoso.Uma tragédia da qual Soraia não tem qualquer recordação. “Não me lembro de nada”, referiu a jovem ao nosso jornal. Soraia Mesquita está internada no serviço de ortopedia do Hospital de Abrantes, com os dois cólons do fémur partidos. Já foi operada a uma perna e para a semana voltará ao bloco operatório.Mas não se queixa. Afinal, os seus amigos ficaram bem pior. Soraia não sabe como está o seu namorado Marco e o amigo Júlio, internados com traumatismos múltiplos no Hospital de Santa Maria, em Lisboa. Mas sabe que Ivo e Tânia já não estão cá. Patrícia Nunes, namorada de Tiago, é a única que já teve alta.Os dois veículos que chocaram frontalmente ficaram irremediavelmente danificados, tendo ido para a sucata. Segundo os bombeiros de Tomar, o Fiat Punto encontrava-se do lado contrário à sua faixa de rodagem, na berma da estrada, enquanto o Renault 11 estancou no meio da via.Devido ao aparatoso acidente, a EN 110 esteve cortada ao trânsito durante três horas e os automóveis só foram removidos no início da manhã, o que levou uma autêntica romaria de gente ao local.Os acidentados foram socorridos pelas corporações de bombeiros de Tomar, Vila Nova da Barquinha e Entroncamento, tendo sido mobilizados 28 bombeiros, 12 viaturas e diverso material de desencarceramento.O Ministério Público está a investigar o acidente que levará algum tempo a esquecer. Porque todos eram jovens. Porque, à excepção de Patrícia, todos moravam no concelho de Tomar. E porque as flores colocadas nos postes à beira da estrada irão lembrar a quem passa.
A morte chegou de madrugada

Mais Notícias

    A carregar...