uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Concurso para pontes pedonais na Vala de Alpiarça

Edição de 04.02.2004 | Sociedade
A Associação de Municípios da Lezíria do Tejo (AMLT) abriu um concurso público para a construção de duas pontes pedonais sobre a Vala de Alpiarça. Trata-se de duas passagens superiores destinadas a garantir a integração dos percursos pedonais já executados nas margens do curso de água. Para esta obra o preço base é de 253.094,45 euros e o prazo de execução é de 180 dias a contar da data da adjudicação. O custo dos trabalhos é comparticipado em 75 por cento pelo Programa Operacional do Ambiente. As pontes vão ficar no troço da vala entre a vila de Alpiarça e a cidade de Almeirim. As pontes ligam um trilho que corre nas margens da vala e que permite ligar as duas localidades numa extensão de cerca de cinco quilómetros. Com estas condições vai ser possível fazer passeios a pé e de bicicleta e criar locais para a pesca de lazer ou desportiva.O projecto de aproveitamento turístico da Vala Real de Alpiarça começou a ser posto em prática após uma operação de limpeza. Esses trabalhos iniciaram-se em Novembro de 2000 e decorreram ao longo de alguns meses. Entre a Chamusca, onde nasce, e Salvaterra de Magos, onde desagua no Tejo, foram limpas as margens e retirado o lixo do leito da vala. Os trabalhos custam cerca de 1 milhão e 500 mil euros (300 mil contos), e são financiados por fundos comunitários no âmbito do programa Valtejo.

Mais Notícias

    A carregar...