uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Apanhados ladrões de telemóveis

Nic de Coruche desmantelou rede perigosa
Edição de 18.02.2004 | Sociedade
Depois de sete meses de trabalho no terreno, o Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Coruche deteve dois indivíduos, com cerca de 18 anos, que em conjunto com outros dois se dedicaram ao assalto a lojas de telemóveis e roupa em Samora Correia, Benavente, Salvaterra de Magos e Coruche. A investigação continua e é previsível que os outros dois assaltantes sejam detidos nas próximas horas.O grupo, considerado “violento” e “perigoso”, é suspeito de ter furtado mais de duas dezenas de carros na região da Grande Lisboa, viaturas que utilizou na prática de dezenas de assaltos.Nos assaltos, utilizavam sempre armas brancas e de fogo e chegaram a agredir algumas vítimas. O modo de actuar era sempre o mesmo. Na área da grande Lisboa, os indivíduos colidiam na retaguarda de outros veículos, habitualmente carros de grande cilindrada conduzidos por mulheres, e roubavam à força o veículo. Depois deslocavam-se para o Ribatejo e assaltavam as lojas durante a madrugada. Em muitos casos, os carros eram lançados contra as montras para facilitar a entrada nos estabelecimentos e os assaltos eram feitos em cinco minutos, como aconteceu várias vezes numa loja de telemóveis em Samora Correia.Depois de recolhidos os produtos, os assaltantes levavam-nos para locais no concelho de Oeiras, a partir do qual faziam a distribuição para o circuito comercial. Os dois jovens foram detidos em Caxias e Linda-a-Velha.Na operação, o NIC conseguiu recuperar dezenas de telemóveis e outros equipamentos específicos para telefones celulares, tacos de basebol, um revólver ponto 32 e vários documentos. Presentes ao Tribunal de Instrução Criminal, poucas horas após terem consumado mais um assalto na nossa região, os dois indivíduos acabaram por ser postos em liberdade com a obrigação de se apresentarem periodicamente na esquadra da PSP enquanto aguardam pelo julgamento.

Mais Notícias

    A carregar...