uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Alverca em posição de descida

Goleada em Coimbra foi a quinta derrota consecutiva e a consequência não podia ser pior

O Alverca foi goleado (4-0) no sábado pela Académica, em Coimbra, e desceu ao 16º lugar, o primeiro dos três que dá despromoção para a Liga de Honra. Numa partida da 30ª jornada da Superliga entre duas equipas que lutam pela permanência, os ribatejanos começaram o descalabro aos 53 minutos, quando ficaram reduzidos a 10 elementos.

Edição de 14.04.2004 | Desporto
A Académica chegou à vantagem aos 34 minutos, na sequência de um contra-ataque conduzido por Fredy na esquerda, a que Joeano, entre os centrais contrários, deu o melhor seguimento, desviando a bola do alcance do guardião Yannick. Até ao golo inaugural, o futebol praticado por ambas as formações foi muito fraco, sem lances de perigo junto das balizas.Ainda antes do intervalo, já em período de descontos, o Alverca poderia ter chegado ao empate, mas Pedro Roma, com uma defesa espectacular, desviou a bola por cima da barra do livre directo de Nandinho.Na segunda metade, a Académica entrou mais decidida e chegou ao 2-0 por Tonel, após centro da esquerda de Nuno Luís. Um dos defesas do Alverca não acompanhou a subida dos companheiros, surgindo Tonel a rematar perante um desamparado Yannick, que ainda tocou na bola.Dois minutos volvidos, o Alverca ficou reduzido a dez unidades por expulsão de Amoreirinha - derrubou Fredy quando este seguia isolado para a baliza - e a partir daí o jogo passou a desenrolar-se em sentido único, em direcção à baliza ribatejana.Aos 68 minutos, Marinescu recebeu a bola junto ao vértice esquerdo da grande área e rematou de pronto, colocado, sem hipóteses para Yannick, fazendo o 3-0. Com a defesa do Alverca desconcentrada, sucediam-se as jogadas de perigo junto à baliza do guardião francês, com o resultado final a ser estabelecido por Filipe Alvim, após assistência de Fábio Felício, aos 84 minutos.O triunfo permite à equipa de Coimbra, agora no 13º posto, respirar um pouco mais à-vontade, enquanto o Alverca caíram para o 16º posto. Na próxima jornada o Alverca tem uma oportunidade soberana para sair da zona perigosa. A equipa de José Couceiro recebe o Belenenses, que tem mais dois pontos, e poderá subir acima da linha de água.A vitória seria tanto mais importante, porque nas jornadas seguintes os ribatejanos recebem o Nacional da Madeira e depois vão ao Estádio do Dragão defrontar o FC Porto, concluindo o campeonato em Moreira de Cónegos, frente ao Moreirense. Nos restantes jogos, o líder FC Porto venceu sábado o Marítimo e aproximou-se da revalidação do título, no dia em que o Estrela da Amadora se tornou na primeira equipa da Superliga virtualmente despromovida à Liga de Honra. Os portuenses, mesmo com menos um encontro realizado, conservaram a vantagem de quatro pontos sobre o Sporting, segundo classificado, que oficializou a descida dos amadorenses com uma goleada por 4-0.O triunfo permitiu também à equipa “leonina” manter a distância de seis pontos para o rival lisboeta Benfica (3º), que sentiu grandes dificuldades para bater por 2-1 o Paços de Ferreira, penúltimo classificado, graças a um tento do suplente Geovanni, aos 87 minutos.

Mais Notícias

    A carregar...