uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Uma goleada que peca por defeito

Abrantes goleou U. Almeirim por 6-0 e voltou ao comando do campeonato

Santana marcou três golos e fez uma assistência para outro, contribuindo decisivamente para a goleada imposta pelo Abrantes ao União de Almeirim, duas equipasem situações opostas na tabela classificativa. O Abrantes é novamente líder,o Almeirim é último e vai descer aos distritais

Edição de 14.04.2004 | Desporto
A história do Abrantes - União de Almeirim resume-se praticamente ao evoluir do marcador. Cedo se percebeu que a defesa dos almeirinenses não ia aguentar muito tempo e o primeiro golo só não surgiu logo aos dois minutos porque o guarda-redes João Pedro defendeu bem um remate de Santana.Mas o avançado do Abrantes não ia ficar muito tempo em branco. Aos 13 minutos, Bruno Ferreira entrou pela direita, cruzou para o interior da pequena área, onde Santana, com alguma sorte, viu a bola ressaltar-lhe nas suas pernas e entrar na baliza.Foi o primeiro golo do camisa 20 do Abrantes, que cinco minutos depois faria o 2-0. Tudo começou num lance inofensivo a meio campo que dois jogadores do Almeirim complicaram ao saltar ambos à bola e a colocarem-na em Santana. Este correu 30 metros e rematou cruzado sem hipóteses para João Pedro.À meia hora, Bruno Ferreira apanhou a bola junto à linha, entrou como quis pela defesa contrária, flectiu para o meio e rematou para o fundo das redes, com os adversários a verem jogar.Antes do 4-0, o maior erro do trio de arbitragem, chefiado pelo ribatejano Jorge Maia, que deixou passar em branco duas entradas violentas de Valter Guedes sobre Milton. A cinco minutos do intervalo, o avançado da equipa da casa vingou-se. Assistiu Hamilton, que teve tempo para parar com um pé e rematar com o outro.A única jogada de perigo do Almeirim no primeiro tempo surgiu aos 43 minutos. Falcão, numa espécie de cruzamento/remate, obrigou Vítor Bernardes a defender para canto.O 5-0 surgiu a fechar o primeiro tempo. Sérgio Morujo bateu um livre para o interior da área, Santana antecipou-se à defesa e cabeceou com êxito, fazendo hat-trick.Na segunda parte, apesar dos muitos gritos de José Vasques para os seus jogadores acordarem, o Abrantes baixou a produção. Logo a abrir Milton e Santana falharam dois golos de baliza aberta e o 6-0 final só surgiu a um minuto dos 90, com Santana a assistir Telmo na zona central, com o médio a ter apenas de encostar o pé e desviar para a baliza.O trio de arbitragem, à excepção do lance já referido, esteve bem.

Mais Notícias

    A carregar...