uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Cartaxo no mapa da Volta a Portugal em bicicleta

Câmara acordou com a PAD uma chegada e uma partida da prova rainha do ciclismo português

O Cartaxo vai acolher uma das chegadas da 66ª edição da Volta a Portugal em Bicicleta, que este ano se realiza entre 29 de Julho e 8 de Agosto. Em 2005, a cidade mantém-se no mapa da volta, desta vez para ser um dos pontos de partida.

Edição de 21.04.2004 | Desporto
A cidade do Cartaxo vai ser palco de uma das chegadas da edição deste ano da volta a Portugal em bicicleta e no próximo ano será local de partida de outra etapa. O acordo entre a câmara local e a PAD, a empresa que organiza a prova mais importante do ciclismo português, foi estabelecido na semana passada, faltando apenas acertar alguns pormenores.Em principio a etapa que termina no Cartaxo é a que parte de Castelo Branco, mas ainda não está definida a sua data ou mesmo o seu escalonamento entre as outras etapas da volta. Certo está que a competição se realiza entre 29 de Julho e 8 de Agosto e que a etapa seguinte partirá de Alcobaça. O Cartaxo vai também acolher a Volta a Portugal de 2005, mas aí será o ponto de partida de uma etapa.Em declarações ao nosso jornal, o vereador com o pelouro do Desporto na Câmara do Cartaxo, Pedro Ribeiro, considera que a autarquia conseguiu um bom acordo, correspondendo assim a um desejo antigo. “Há muitos anos que a câmara tem tentado mas não tem sido possível porque os montantes eram bastante elevados”, afirmou o autarca.Para que as duas partes chegassem a acordo, houve a conjugação de alguns factores, nomeadamente o facto da PAD querer que a prova viesse mais para Sul, uma vez que antes a localidade mais abaixo no mapa era Alcobaça. “Chegámos a um conjunto de valores que pareceram razoáveis. À partida, só uma chegada eram cerca de 150 mil euros e nós conseguimos negociar uma chegada e uma partida por cem mil euros, no total”, revelou.Pedro Ribeiro acredita que esta aposta no ciclismo vai trazer um importante retorno ao concelho, sobretudo ao projecto “Cartaxo - Capital do Vinho”. Aproveitando a enorme visibilidade que a cidade vai ter nos órgãos de comunicação social, a autarquia vai tentar envolver todo o sector vitivinícola da região para que se estabeleçam várias acções de marketing. Uma das iniciativas pensadas é distribuir uma garrafa de vinho a cada atleta, mas outras estão já a ser ponderadas.“O Cartaxo é o concelho do país que tem mais voltas a Portugal conquistadas. Ao todo são nove, de José Maria Nicolau, a Alfredo Trindade, Francisco Valada e Marco Chagas. Actualmente temos dois ciclistas profissionais – o Renato Silva e o Gonçalo Amorim – que à partida irão fazer a volta. Penso que tudo isto ajuda ao sucesso desta aposta”, concluiu Pedro Ribeiro.

Mais Notícias

    A carregar...