uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Centro de Dia do Vale do Paraíso à espera de verbas

Associação vai apoiar uma centena de idosos da freguesia
Edição de 21.04.2004 | Sociedade
A Associação do Centro de Dia para a Terceira Idade de Nossa Senhora do Paraíso, na freguesia do Vale do Paraíso, no concelho de Azambuja, está com dificuldades em arranjar os últimos 15 por cento do financiamento para terminar a obra que irá apoiar cerca de uma centena de idosos.Os dirigentes da associação esperam que o Governo se disponha a comparticipar os 15 por cento que faltam para perfazer o custo da obra, tal como tem acontecido com infra-estruturas deste tipo pelo país fora. “Esperamos que a Segurança Social nos dê esse reforço”, confessou o presidente da associação, José Eduardo Pereira. Mas em nota enviada ao nosso jornal pelo gabinete de comunicação o Instituto de Solidariedade e Segurança Social informa que “dentro dos padrões normais de atribuição de verbas do Piddac (Plano de Investimento e Despesas de Investimento da Administração Central), a Instituição não tem condições para voltar a ter novo financiamento”.Os serviços explicam que no decurso da empreitada verificou-se a necessidade de executar trabalhos a mais que não estavam previstos no contrato da empreitada, nomeadamente no respectivo projecto, o que “não implica nem pressupõe qualquer reforço do compromisso financeiro por parte da Segurança Social”, sublinham, adiantando que a obra já estava a ser comparticipada em 80 por cento. O Centro de Dia deverá estar a funcionar dentro de um ano e irá acolher 46 idosos em centro de dia e prestar apoio domiciliário a 50 pessoas da localidade, que ainda não possui de qualquer infra-estrutura deste tipo.O espaço tem um quarto S.O.S para emergências, uma sala de actividades, gabinetes médicos e de fisioterapia, gabinete de acção social e sala de enfermagem.O apoio domiciliário que a associação irá oferecer inclui distribuição de refeições, cuidados de higiene e entrega de medicamentos. A associação pretende ainda fazer uma visita nocturna.No terraço do edifício com três pisos, construído na encosta, no centro da freguesia, será construído um jardim para que os utentes possam usufruir de momentos ao ar livre.A estrutura, que já se encontra em fase de conclusão, foi financiada em 60 por cento pela Centro Distrital de Solidariedade e Segurança Social. A Câmara Municipal de Azambuja disponibilizou 20 por cento, a instituição conseguiu angariar cinco por cento, mas falta ainda conseguir os restantes 15 por cento.O dirigente da associação lamenta também que na zona não existam grandes indústrias ou casas de comércio que possam ajudar a associação a mobilar o espaço. O Centro de Dia do Vale do Paraíso começou a ser construído em 2002, mas o processo já se arrasta há 12 anos. O projecto já foi novamente alterado para dar resposta às necessidades dos habitantes da freguesia, nomeadamente através do apoio domiciliário.

Mais Notícias

    A carregar...