uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Solares de Portugal com mais turistas

Edição de 13.04.2005 | Economia
A taxa anual de ocupação dos Solares de Portugal aumentou quatro pontos percentuais, para 19 por cento, em 2004 face a 2003, impulsionada pela “ocupação excepcional” em Junho devido ao Euro 2004, anunciou Associação do Turismo de Habitação (TURIHAB).Em comunicado, a associação que gere a rede de Solares de Portugal, destaca tratar-se de uma evolução “enganadoramente” positiva, já que “se à primeira vista os resultados são satisfatórios, verifica-se que a realização do Euro 2004 e consequente aumento da ocupação influencia os valores finais”.Lamentando que 2004 não tenha sido, como esperado, “o ano da recuperação” do sector de turismo, a associação salienta que, mesmo com a realização em Portugal do Europeu de Futebol, não foi ainda possível regressar aos níveis de 2001 e 2002, em que a ocupação rondou os 20 por cento.Segundo refere, a partir do mês de Abril - e com excepção de Junho, que alterou as estatísticas anuais ao registar uma ocupação superior a 70 por cento, contra os 15 por cento de anos anteriores - verificaram-se quedas nas taxas de ocupação da rede de Solares de Portugal.Esta rede abrange 97 casas de turismo de habitação de qualidade (com 635 quartos e 1.265 camas), detidas por privados, mas que beneficiam de uma imagem, logótipo e central de reservas comuns, assim como de acções de marketing e promoção.Por regiões, as casas da zona do Algarve são as que obtiveram em 2004 as maiores taxas de ocupação. Seguiram-se as das regiões de Lisboa e Vale do Tejo, do Minho, Alentejo, Beiras, Douro, Trás-os-Montes e Açores.

Mais Notícias

    A carregar...