uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Para aumentar a competitividade no sector energético

Edição de 25.05.2005 | Economia
Negócio do gás junta EDP à GalpO administrador financeiro da EDP- Energias de Portugal, Rui Horta e Costa, reafirmou terça-feira que a participação da eléctrica no capital da Galp Energia visa defender os seus interesses no futuro negócio do gás.“A nossa presença na Galp tem por objectivo ter uma palavra a dizer no futuro negócio do gás”, afirmou o administrador, na apresentação dos resultados trimestrais da EDP, quando questionado sobre a reorganização do sector energético.Rui Horta e Costa revelou ainda que o anterior desenho para o sector energético, chumbado por Bruxelas, não foi definido pelo Governo de Durão Barroso.“O modelo de separação do gás em relação ao petróleo não foi definido pelo Governo. Eles apenas concordaram e nós entendemo-nos com a ENI”, afirmou.Sobre o novo modelo de reestruturação para o sector que está a ser preparado pelo Governo socialista, o administrador afirmou apenas que cabe à EDP “posicionar-se o melhor que puder” na política que vier a ser adoptada.Quanto a um eventual pedido de indemnização da EDP à Comissão Europeia, devido ao chumbo da compra da Gás de Portugal por parte da EDP e da ENI, Rui Horta e Costa afirmou não existir ainda decisão sobre o assunto, aguardando-se a sentença do tribunal de justiça europeu.O interesse da EDP no negócio do gás visa, segundo o administrador, conquistar uma posição no “sourcing” (contratos de compra de gás), de modo a aumentar a competitividade da empresa no sector eléctrico.Segundo o administrador, a EDP não pode estar dependente dos fornecedores de gás e a sua presença no “sourcing” permitir-lhe-á ter maior flexibilidade na sua gestão.A EDP quer também ter presença no negócio da distribuição e no retalho do gás porque isso lhe permite obter sinergias e reduzir o risco de volatilidade do consumo das centrais de ciclo combinado.

Mais Notícias

    A carregar...