uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Portugal em segundo

Portugal em segundo

Macedónia venceu o Torneio Internacional de Andebol de Alcanena
Edição de 07.06.2005 | Desporto
A Selecção A de Andebol de Portugal não foi além do segundo lugar no Torneio Internacional de Andebol, disputado em Alcanena, nos dias 3, 4 e 5 de Junho. A Macedónia, que venceu Portugal por 36-34 no jogo disputado no sábado, foi a grande vencedora do torneio.O Torneio Internacional de Alcanena, organizado pela Câmara Municipal de Alcanena, Federação Portuguesa de Andebol e Associação de Andebol de Santarém, disputou-se no Pavilhão da Escola Secundária, e integrou-se no estágio de preparação para o apuramento para o play-off do Campeonato da Europa, onde Portugal vai disputar dois jogos com a forte equipa da República Checa, com o jogo da segunda mão a realizar-se no Pavilhão Municipal do Entroncamento, no dia 19 de Junho, às 15h30.No Torneio de Alcanena, Portugal começou a vencer. Na sexta-feira, a vítima foi a Holanda que saiu vergada a uma derrota 33-21, e aí a equipa das quinas deu uma boa demonstração das suas excelentes qualidades, embora os holandeses tenham ficado muito longe do esperado. No outro jogo da primeira jornada o Egipto empatou 26-26 com a Macedónia.No sábado, Portugal começou mal frente à Macedónia, chegou a estar a perder por oito golos de diferença, recuperou e conseguiu sair para o intervalo a vencer 16-14. Mas o descanso fez mal aos portugueses, que acabaram por deixar fugir a vitória. Os macedónios acabaram a vencer 36-34. No outro jogo da jornada o Egipto venceu 25-22 a Holanda.No último jogo do torneio, Portugal rectificou, sobretudo ao nível defensivo, e venceu 30-24 o Egipto. Mas como a Macedónia venceu 32-30 a Holanda, teve que contentar-se com o segundo lugar do torneio.Torneio que foi seguido por um excelente número de espectadores, e que segundo o treinador da Selecção de Portugal, Mats Olsson, foi excelente. “Tivemos ao nosso dispor todas as condições para trabalhar, e a tranquilidade da vila permitiu um descanso físico e mental importante para o trabalho que viemos fazer. No torneio mostrámos as melhorias a que nos propusemos, que foram mais notórias sobretudo ao nível defensivo”, afirmou.
Portugal em segundo

Mais Notícias

    A carregar...