uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
“Choque comercial” para revitalizar centro histórico

“Choque comercial” para revitalizar centro histórico

Projecto de dinamização e animação de Santarém vai durar até Dezembro de 2006

Uma série de iniciativas, a decorrer até Dezembro de 2006, vai tentar reanimar o centro histórico de Santarém e, consequentemente, o comércio tradicional que vive momentos difíceis.

Edição de 08.06.2005 | Economia
O centro histórico e o comércio tradicional de Santarém vão estar em grande acção até Dezembro de 2006, com desfiles de moda, feiras de stocks, de artesanato e muita animação. O projecto custa 510 mil euros, suportados pelo Instituto de Apoio a Pequenas e Médias Empresas (IAPMEI) e pela Câmara de Santarém, e pretende dar um novo impulso ao comércio local.A Associação Comercial e Empresarial de Santarém (ACES) e a autarquia assinaram no dia 2 de Junho o protocolo de comparticipação de verbas no qual a câmara assume uma comparticipação de 29 por cento sobre o custo total do projecto financiado pelo IAPMEI, no âmbito do programa Urbcom que já vinha de 1999.Animação, eventos de moda, feiras de stocks e de artesanato, espectáculos musicais, jogos tradicionais, actividades para crianças, feiras temáticas dedicadas aos namorados (Fevereiro), aos pais e à cidade (Março), às mães (Maio) ou ao Natal, são algumas das propostas a desenvolver ao longo de 18 meses. O programa foi desenvolvido pela empresa Animagest e contou com a adesão de 140 comerciantes associados da ACES, representando cerca de metade dos comerciantes que estão estabelecidos no centro histórico. Um dos destaques é o concurso de manequins “Look In” (16 Julho), a decorrer no Largo do Seminário, apresentando linha desportiva, de praia e de festa, e apresentado por Isabel Angelino. Mas também a feira de artesanato internacional e de doçaria regional de Santarém entre 23 de Julho e 15 de Agosto. A 10 de Setembro, a feira de stocks de Verão vai ajudar a escoar as últimas colecções das lojas, a preços inferiores aos dos saldos, com a realização de leilões. Sandra Cóias, Soraia, Sónia Antão, Andreia Dinis, Fátima Preto, Jamal e Afonso são alguns dos modelos que vão percorrer a passerelle com roupas das lojas aderentes, a 24 de Setembro, num espectáculo apresentado por José Figueiras, com a participação dos Fly Dancers. Um conjunto de acções que serão reeditadas ao longo de 2006Durante a apresentação do programa de animação comercial, o líder da ACES, Paulo Moreira destacou a adesão dos comerciantes à modernização num momento em que as vendas quebram entre os 25 e os 50 por cento. “Não existe programa de actividades nem centro comercial ao ar livre que traga fulgor e vitalidade ao centro histórico, sem uma política de reabilitação séria e eficaz, capaz de criar condições ao investimento de empresários e a famílias”, desafiou Paulo Moreira, constatando que o centro histórico vive, actualmente, à custa de farmácias, bancos e serviços públicos que resistem à “sangria da deslocalização” para fora da cidade. Tirar partido das realizações do Cnema e do turismo religioso são outras acções da ACES que criou um logotipo com base numa rosácea (tradição) e setas (dinamismo), além de uma mascote, o Marradinhas. A breve prazo a ACES irá ainda criar um site próprio, com informações gerais, directório de lojas associadas e indicação do projecto de dinamização comercialO presidente da Câmara de Santarém, Rui Barreiro, destacou o dia de festa em que autarquia acarinhou o projecto, num cenário de dificuldades financeiras, apontando que a ACES tem agora condições para desenvolver o comércio.Até 15 de Julho a autarquia vai pagar 15 mil euros à ACES, liquidando o restante (113.249 euros) em prestações mensais até Dezembro de 2006, com a primeira a vencer a 1 de Janeiro desse ano.No que respeita a intervenções e obras no centro histórico, Rui Barreiro admitiu alguma morosidade que causa incómodos, mas salientou o investimento realizado no espaço público e nos sistemas de água e esgotos. “Obras que vão ter continuidade na praça Visconde Serra do Pilar e na rua Consiglieri Real, avenida 5 de Outubro e Portas do Sol”, acrescentou. Ricardo Carreira
“Choque comercial” para revitalizar centro histórico

Mais Notícias

    A carregar...