uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Fácil e dinâmico

Auto Galeão já tem disponível o novo Peugeot 1007
Edição de 08.06.2005 | Economia
Reforçar a imagem e notoriedade da marca, aumentando o volume de vendas é o grande objectivo da introdução do Peugeot 1007. Um carro com design jovem e elegante, concebido numa estrutura de minimonovolume que não passa despercebido, já disponível na Auto Galeão.O Peugeot 1007 traz algumas inovações capazes de convencer o cliente que aprecia um carro multifacetado e fácil de guiar. È o caso do sistema de portas deslizantes eléctricas que dão acesso aos lugares dianteiros e traseiros, bastando premir o telecomando ou num botão no interior do carro para se abrirem automaticamente.Para quem gosta de mudar o ambiente a bordo, é ainda possível optar por um dos interiores “Caméleo”, alterando a cor do revestimento de portas, das saídas de ar, bancos, tapetes e encostos de cabeça, estando doze kits de cores disponíveis.O conforto em andamento é traduzido na presença do ar condicionado automático, na segurança proporcionada por sete air-bags e pelo controlo electrónico de estabilidade (ESP), que contribuíram para que o 1007 merecesse a classificação de cinco estrelas nos testes de segurança do Euro NCAP.O MIRANTE teve oportunidade de conduzir um Peugeot 1007 1.4 HDI durante alguns quilómetros e constatou a sua agradável posição de condução mais elevada, a ampla visibilidade e luminosidade, assim como a boa insonorização e caixa de velocidades.O modelo está disponível em três motorizações de 1.400 cc (75 cavalos), 1.600 cc (110 cavalos) e 1.400 HDI (70 cavalos) e nas versões Urban, Trendy e Sporty. O Peugeot 1007 tem de 3,73 metros de comprimento, 1,68 metros de largura e 1,61 metros de altura.A nível nacional, a Peugeot espera vender cerca de 600 unidades do 1007, enquanto a Auto Galeão, concessionária da marca para oito concelhos do Ribatejo, aponta para a venda de 50 carros até final do ano, com presumível preferência sobre a motorização 1.4 HDI.“É mais um trunfo que queremos aproveitar, aumentando a notoriedade da marca que, nos últimos quatro anos, tem crescido sustentadamente em vendas, fruto da aposta na estabilidade e qualidade da equipa comercial e de pós-venda”, diz o director-geral da empresa, Paulo Frazão.

Mais Notícias

    A carregar...