uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Saldanha Rocha quer manter maioria absoluta

Saldanha Rocha quer manter maioria absoluta

PSD, PS e CDU já apresentaram os seus candidatos à Câmara de Mação

O PSD quer manter a Câmara de Mação, que detém há 30 anos. Os socialistas apostam num presidente de junta para contrariar a hegemonia. A CDU quer eleger “alguém” para os órgãos autárquicos.

Edição de 08.06.2005 | Política
Os eleitores do concelho de Mação já sabem quem são os candidatos de três dos principais partidos às eleições autárquicas de Outubro. O actual presidente da câmara, José Saldanha Rocha (PSD), candidata-se a um segundo mandato como líder do município enfrentando a concorrência de José Fernando Martins pelo PS e de João Pequito pela CDU. Saldanha Rocha apresentou a sua recandidatura no sábado mantendo na sua lista os dois vereadores que o acompanham no executivo camarário - António Almeida e António Louro.Sob o lema “Todos somos Mação”, o PSD recandidata à assembleia municipal Elvino Pereira, actual presidente desse órgão e antecessor de Saldanha Rocha na câmara durante muito tempo. Os social-democratas acreditam que vão manter a maioria absoluta que os eleitores lhes conferem desde as primeiras eleições autárquicas. Como prioridades para um eventual novo mandato, Saldanha Rocha apontou “mais educação”, admitindo a necessidade de “mais investimento em alguns equipamentos”, “mais cultura”, envolvendo os mais jovens e aproveitando as potencialidades do Museu de Arte Pré-Histórica, e “mais desenvolvimento económico”.“Uma Floresta ComVida” é outro lema da sua candidatura, que aposta na concretização do projecto elaborado pela autarquia na sequência dos incêndios do Verão de 2003 e que depende, em parte, de decisões da administração central.José Fernando Martins, há dois mandatos à frente da Junta de Freguesia de Aboboreira, no primeiro apoiado pelo PS e no segundo como independente, disse à Agência Lusa que aceitou o convite da comissão política concelhia do partido. João Paulo Almeida é o cabeça de lista à assembleia municipal. O programa e os nomes dos restantes candidatos vão ser apresentados numa sessão que está agendada para 2 de Julho. Nenhum dos actuais vereadores socialistas (António Martins e Abílio Diogo), nem o anterior candidato à assembleia municipal (Jorge Silva) integram as listas para as autárquicas de Outubro.O concelho de Mação é gerido pelo PSD há 30 anos, sendo a aposta do candidato apoiado pelo PS retomar a aproximação deste partido (que em 1997 perdeu por 270 votos) e fazer esquecer “o desaire” de 2001 (uma diferença de 1.100 votos, num universo de cerca de 8.000 eleitores).Das oito freguesias do concelho, quatro são lideradas pelo PSD, três pelo PS e uma por independentes.É nesse cenário aparentemente desfavorável que a CDU vai candidatar o reformado João Pequito à Câmara de Mação e José Maia, professor de educação física, à assembleia municipal.A CDU alimenta a expectativa de “eleger alguém” em Outubro num concelho onde, em 2001, não teve qualquer eleito, segundo disse à Agência Lusa Jorge Ferreira, responsável local da coligação PCP/PEV.Além de apresentar candidatos à câmara e à assembleia municipal, a CDU apresenta listas também às oito assembleias de freguesia do concelho.O MIRANTE/Lusa
Saldanha Rocha quer manter maioria absoluta

Mais Notícias

    A carregar...