uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Munícipes de Ourém pagam taxa do lixo

Edição de 15.06.2005 | Sociedade
A Câmara Municipal de Ourém e a Compagnie Génerale des Eaux, concessionária da rede de águas e saneamento no concelho, estabeleceram um acordo segundo o qual todas as habitações vão passar a pagar taxa de recolha de resíduos sólidos urbanos (RSU).O acordo resultou de um levantamento porta a porta, em que foi verificada a existência de muitos munícipes que não pagavam a taxa do lixo por não estarem ligados à rede pública de água, sendo que a taxa de resíduos sólidos é indexada ao consumo da água.A partir de agora, quem não possuir ligação à rede pública de água pagará uma taxa de 1,84 euros referente ao serviço de recolha do lixo que também usufrui. Com esta medida, diz a autarquia, torna-se mais justa a cobrança da taxa de RSU, um serviço de todos que agora também será pago por todos.A Câmara de Ourém reconhece que o abastecimento público tem requisitos de qualidade e salubridade que o abastecimento próprio dificilmente cumpre e, por isso, acedeu a que durante um ano, haja uma simplificação administrativa dos serviços, durante o qual as habitações mais antigas poderão, sem a exibição de licença de habitabilidade, fazer a ligação à rede pública de abastecimento de água.

Mais Notícias

    A carregar...