uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Movimento Pró-Ota insiste no aeroporto de raiz

Edição de 12.10.2005 | Sociedade
O porta-voz do Movimento Pró-aeroporto da Ota criticou a construção de uma pista para voos “low-cost” na zona de Lisboa, temendo que seja uma “desculpa” para manter o aeroporto da Portela activo mais tempo.“O processo de construção na Ota marcou passo e agora com o incremento da procura, a Portela não tem condições para satisfazer um aumento de voos”, considerou Tomás Oliveira Dias, que reclama a rápida implementação dos estudos para o novo aeroporto internacional de Lisboa.Até porque os “pequenos aeroportos da zona de Lisboa” só poderão ser adaptados para voos “low-cost” com “muito investimento” e ficarão localizados no corredor da Portela.“Não se pense que a Portela, com um pequeno aeroporto para esses voos resolve o problema”, avisou, até porque qualquer obra de adaptação das pistas de Alverca ou do Montijo envolvem “investimentos muito grandes” para “pouca rendibilidade”.A solução, defendeu, é a rápida construção do aeroporto da Ota, uma situação que “está a tardar” já que a construção da infra- estrutura irá sempre “demorar 12 anos”, acrescentou Tomás Oliveira Dias.

Mais Notícias

    A carregar...