uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Miguel Relvas reeleito presidente

Assembleia da Comunidade Urbana do Médio Tejo instalada no dia 7

Antes da reunião para instalação da assembleia da Comunidade Urbana do Médio Tejo (CUMT) e votação para a presidência da mesa, realizada na quarta-feira, dia 7, o deputado Miguel Relvas confidenciava a O MIRANTE a sua convicção de que perderia a presidência da mesa nesse dia.

Edição de 14.12.2005 | Política
Mas, na hora da votação, as coisas correram de feição para o deputado. Que acabou por ser reeleito, com 15 dos 35 deputados da CUMT a darem a Miguel Relvas o seu voto de confiança. O socialista Nelson Baltazar, líder da lista B, opositora a Relvas, perdeu por dois votos, obtendo 13 no total.Nelson Baltazar terá sido traído pela ausência de dois deputados do PS – Margarida Veríssimo e António Lucas Gomes Mor – e por três votos em branco, que terão vindo dos deputados da CDU (três, já que o quarto membro, José Vaz Teixeira, também não esteve presente na instalação da CUMT).Miguel Relvas continua à frente dos destinos da assembleia da Comunidade Urbana do Médio Tejo. Maria Isilda Aguincha reassumirá o cargo de vice-presidente. António Lopes Carraço é o segundo vice-presidente eleito.Na reunião de quarta-feira foram ainda empossados 31 dos 35 membros que compõem a assembleia da CUMT e que fazem parte das assembleias municipais de 11 câmaras do Médio Tejo (dez do distrito de Santarém e Vila de Rei, distrito de Castelo Branco).De acordo com a legislação, a assembleia da Comunidade Urbana do Médio Tejo tem de ser composta pelo triplo do número de concelhos que a integram (33) sendo o número final de deputados o número ímpar imediatamente acima, isto é, 35 elementos.A bancada do PSD é maioriatária, com 15 elementos, seguindo-se o PS, com 13, e a CDU tem quatro elementos. António José Ferreira Branco, pelo movimento Independentes por Alcanena (ICA) e Fernando Lopes de Oliveira, do movimento Independentes por Tomar, fazem também parte da assembleia, assim como Carlos Godinho Matias, do Bloco de Esquerda do Entroncamento.

Mais Notícias

    A carregar...