uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Vila Franca combate exclusão social com empregos

Vila Franca combate exclusão social com empregos

Projecto prevê valorização das competências pessoais, técnicas e sociais

Centros de Apoio ao Conhecimento e Integração e o Portal de Emprego propõem-se ajudar a resolver problemas de desemprego e exclusão social do concelho de Vila Franca.

Edição de 07.06.2006 | Sociedade
Onze Centros de Apoio ao Conhecimento e Integração (CACI) vão nascer no concelho de Vila Franca de Xira. Estimular a procura activa de emprego e aumentar as competências pessoais, técnicas e sociais da população excluída ou em risco de exclusão são os objectivos dos CACI. Os CACI vão ser criados no âmbito do projecto Crescer Cidadão ao qual a autarquia de Vila Franca e sete juntas de freguesia do concelho aderiram. Criado no âmbito da Iniciativa Comunitária EQUAL, o projecto Crescer Cidadão tem como propósito eliminar barreiras no acesso ao mercado de trabalho.Cada uma das juntas de freguesia aderentes, Castanheira, Alhandra, Forte da Casa, Póvoa de Santa Iria, Vila Franca, Alverca e Vialonga, criará um CACI. Já a Câmara de Vila Franca vai criar quatro pontos de atendimento nos centros comunitários da Castanheira, Povos, Arcena e Vialonga, que estão inseridos em bairros sociais onde a exclusão social é mais evidente.Para o presidente da Junta de Freguesia da Póvoa de Santa Iria o projecto Crescer Cidadão pode vir a ajudar a resolver problemas de empregabilidade de uma cidade grande como a Póvoa. “Regularmente vão pessoas solicitar emprego à junta de freguesia e esta é uma saída interessante que pode ajudar a responder a algumas destas solicitações”, acrescenta Jorge Ribeiro. Para além dos CACI, as entidades que agora aderiram ao projecto terão ainda a responsabilidade de actualizar o Portal de Emprego –www.portalemprego.pt. O site disponibiliza informação sobre ofertas de trabalho, técnicas de procura de emprego, informações sobre a criação do próprio emprego e construção de currículos.Na cerimónia de assinatura dos protocolos de apropriação destes instrumentos do projecto Crescer Cidadão, no dia 30 de Maio em Vila Franca de Xira, a presidente da câmara considerou que esta iniciativa vem ajudar a resolver o problema da oferta e procura de emprego que “têm andado de costas voltadas”. Maria da Luz Rosinha defendeu que “apostar na formação e no conhecimento é a forma de ganhar um futuro melhor”. O representante no projecto presente na assinatura dos protocolos, José Alexandre Silva, afirmou esperar que o Crescer Cidadão “sirva para outros projectos para reforçar a empregabilidade no nosso país”. O presidente do Centro de Bem-Estar Social de Vale de Figueira, Santarém, uma das entidades que gere o projecto, sublinhou ainda que o principal desafio deste projecto é trabalhar em rede.Os onze CACI que vão ser criados no concelho de Vila Franca estarão ligados a outros CACI já existentes no país, nomeadamente no distrito de Santarém. Uma ligação que visa rentabilizar recursos, troca de informações e articulação de actividades.
Vila Franca combate exclusão social com empregos

Mais Notícias

    A carregar...