uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Sexta à noite há Tango no Virgínia

Sexta à noite há Tango no Virgínia

Quinteto de Juan Esteban Cuacci e os bailarinos Jorge Ramirez e Nelida Miglione

Sexta-feira à noite sobe ao palco do Virgínia, em Torres Novas, o espectáculo “Tango Argentino”. Dois bailarinos e o quinteto de Juan Esteban Cuacci recriam o ambiente sensual e nocturno de Buenos Aires.

Edição de 21.06.2006 | Cultura e Lazer
O “Tango Argentino” vai passar pelo palco do Teatro Virgínia sexta-feira, 23 de Junho, a partir das 21.30. Um espectáculo pleno de sensualidade com o Quinteto de Juan Esteban Cuacci e os dançarinos Jorge Ramirez e Nelida Miglione.Nascido em Buenos Aires em 1973, Juan Esteban Cuacci é um músico versátil que já tocou ao longo da sua carreira com os mais diversos artistas de renome internacional, como pianista, guitarrista e baixista. Mas é com o Tango que revela toda a sua mestria. Desde 2002, na altura com a companhia ARTango, o músico argentino tem pisado com sucesso os palcos portugueses. Agora com o seu quinteto traz-nos outra vez o Tango Argentino. O espectáculo assenta no CD “A ningún lado”. Para além da música a apresentação completa-se com a performance de um experiente par de bailarinos, Jorge Ramirez e Nelida Miglione - os mais curiosos podem espreitar magníficas fotos do espectáculo feitas por Francisco Castelo, no site http://www.fcastelo.net/galeria/album16 - que deslumbra pela plasticidade e ousadia.A música do quinteto Cuacci segue a matriz musical traçada pelo grande mestre Astor Piazzola. Para além do piano, saxo, contrabaixo e guitarra, o som inconfundível do bandoneón, um instrumento visceralmente ligado ao Tango, transporta-nos para o universo mítico da noite de Buenos Aires.
Sexta à noite há Tango no Virgínia

Mais Notícias

    A carregar...