uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Jovens reclamam ringue

Jovens reclamam ringue

No bairro social da Castanheira do Ribatejo

As crianças e jovens que residem no bairro social da Castanheira do Ribatejo querem que aí seja construído um ringue. O pedido surge da necessidade de terem um espaço para jogar futebol sem ter que ser nas ruas.

Edição de 23.08.2006 | Sociedade
Juntos são quase uma equipa de futebol de onze. As duas balizas, demarcadas com calhaus, estão prontas e ao apito imaginário do árbitro (também imaginário) o jogo começa. Sucedem-se os passes e num remate mais forte a bola passa muito perto de um dos vidros que resta do Ginásio Municipal da Castanheira, instalado no centro do bairro.Os restantes foram partidos devido às incontáveis partidas de futebol que os jovens têm feito ao longo dos anos. “Desde pequenino que venho para aqui jogar com os meus amigos e temos partido muitos vidros. É normal, não temos outro sítio para jogar”. O lamento é de Miguel Ângelo, de 11 anos, que à semelhança dos outros meninos seus vizinhos está a aproveitar as férias grandes para se divertir.Nelson Pereira, morador no bairro, relata que “às vezes já passa da meia-noite e eles continuam aí a jogar. Esta é a forma deles brincarem”. “Quase todos os dias me perguntam quando vêm aqui construir um ringue e eu não sei o que lhes dizer”, acrescenta o morador. Nelson Pereira diz que há cerca de um ano enviou uma carta à Câmara Municipal de Vila Franca de Xira a chamar a atenção para a necessidade de ser construído um ringue no bairro onde as crianças pudessem jogar futebol ou praticar outro desporto. No entanto, até hoje a autarquia ainda não lhe deu uma resposta e por isso já tem outra carta preparada para remeter. O morador explica que o melhor local para o ringue é no centro do bairro, ao lado do ginásio, onde se encontra actualmente um conjunto de oito árvores plantadas há cerca de três anos que, diz, “não servem para nada, nem para fazer sombra!” Carlos Oliveira e Arlindo Pereira, ambos de 13 anos e habituais jogadores das ruas do bairro, concordam com a localização e deixam um apelo: “Queremos que a Rosinha venha cá ver os miúdos que querem todos o ringue”. Uma outra moradora, Maria Pereira, defende inclusivamente que “a câmara em vez de ter construído o ginásio devia ter feito logo o ringue”. Eles só fizeram isto [o ginásio] para ganhar dinheiro”.Contactado por O MIRANTE, o vereador da acção social da Câmara de Vila Franca afirmou que “para já não está prevista a construção do ringue”. Fernando Paulo Ferreira (PS) referiu que a autarquia conhece a situação, mas adiantou que “não há verbas previstas” para a obra.
Jovens reclamam ringue

Mais Notícias

    A carregar...