uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

PS acusado de branquear acção de administrador da CULT

Edição de 27.09.2006 | Política
A concelhia de Santarém do PSD acusa o Partido Socialista de “querer branquear a forma negligente como António Torres tem conduzido o processo de constituição da empresa Águas do Ribatejo, querendo somar competências a quem parece não as ter”. A posição social-democrata vem na sequência de declarações do presidente da Comunidade Urbana da Lezíria do Tejo (CULT), onde o socialista Sousa Gomes reiterou a confiança no administrador da CULT António Torres. Tal como Carlos Catalão, membro da assembleia da CULT e adjunto do governador civil, que proferiu ao nosso jornal declarações no mesmo sentido.Recorde-se que essas reacções socialistas surgiram após o presidente da Câmara de Santarém, Moita Flores (PSD), ter pedido a sua demissão, acusando Torres de ter poderes a mais e de não ter conduzido da melhor forma alguns processos. Designadamente a candidatura aos Fundos de Coesão para reforço do sistema de abastecimento de água na Lezíria do Tejo, que ainda está por aprovar após uma primeira rejeição.

Mais Notícias

    A carregar...