uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Jerónimo de Sousa festeja revolução russa em Vila Franca

Almoço junta 400 comunistas e apoiantes
Edição de 08.11.2006 | Política
O secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP), Jerónimo de Sousa, almoçou no domingo, 5 de Novembro, no Pavilhão do Cevadeiro, em Vila Franca de Xira, com os militantes comunistas do concelho, num convívio organizado pela Comissão Concelhia do PCP de Vila Franca de Xira para festejar a Revolução de Outubro de 1917, ocorrida na RússiaNo almoço, a que não faltaram as castanhas assadas próprias da época, estiveram presentes cerca de quatrocentas pessoas, que ali lembraram o momento histórico vivido há 89 anos. “Devemos estar todos de parabéns pela revolução”, diz António Abrantes, militante do PCP há vinte e oito anos.Depois do almoço, Jerónimo de Sousa subiu ao palco e dirigiu-se aos militantes ali presentes, num discurso entusiasta com apelos à união de todos os militantes do partido e no qual não faltaram também críticas ao governo de José Sócrates que, para o líder dos comunistas, “está a aplicar golpes profundos no direito à saúde, com as privatizações e a aplicação das taxas moderadoras” e que “no plano da segurança social, está a fazer um ataque brutal a trabalhadores e reformados”.Jerónimo de Sousa anunciou ainda que este ano o PCP recebeu quatro mil novos militantes, mais mil na JCP. “No nosso 17º congresso diziam que ou mudávamos ou morríamos. É preciso aqui dizer hoje, nesta sala, que se enganaram”, congratulou-se o líder comunista, acompanhado pelos aplausos entusiastas daqueles que o ouviam.Os militantes ali presentes ouvidos por O Mirante acharam o almoço “muito bom” e estão satisfeitos com o número de jovens ali presentes que, não sendo grande, “está a progredir muito”. António Abrantes lamenta “não estar muito mais juventude” mas gostou do almoço que achou “muito participativo”.Após o discurso, com o qual se deu por terminada a comemoração, Jerónimo de Sousa regressou à mesa do almoço onde continuou o convívio com os militantes.

Mais Notícias

    A carregar...