uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Filipa Costa

17 anos, estudante, Santarém

“Estudar é a minha prioridade mas não sei se é o melhor período da vida. Talvez seja, porque não temos tantas responsabilidades. Mas também não é um mar de rosas”

Edição de 13.12.2006 | Agora falo eu
O Natal ainda mantém os valores tradicionais ou foi definitivamente transformada em época de consumismo?Ainda se mantém a tradição embora os mais jovens se preocupem cada vez menos com isso.O que é que gostava que o Pai Natal lhe oferecesse este ano?Um telemóvel. Não precisava de ser de última geração mas que tivesse uma boa câmara fotográfica. Um topo de gama não, porque depois andava sempre com medo de ser roubada ou de o perder.Costuma participar em campanhas de solidariedade?Costumo participar e considero normal que haja mais campanhas de solidariedade nesta altura do ano porque as pessoas estão mais predispostas para contribuir. Mas é preciso ter atenção às instituições que estão a fazer os peditórios. Há muito quem se aproveite.O que pensa do referendo sobre o aborto?Ainda não vou votar mas acho que todas as mulheres devem ser livres de optar. Sou completamente a favor do aborto quando estão em causa deficiências, violações e tudo isso. Só não estou de acordo com o aborto quando a mulher vai abortar simplesmente porque não quer ter o filho. Alguma vez pensou pôr um piercing ou fazer uma tatuagem?Uma tatuagem não, mas um piercing acho piada. Mas não o faria. Tenho receio de o colocar e das consequências para a saúde.Tem confiança na qualidade dos alimentos que consome nos restaurantes?Não costumo pensar muito nisso mas tenho a consciência que nem sempre os alimentos são manipulados da melhor maneira. Para restaurantes chineses é que não me convidem. Gosto de saber o que estou a comer e não simpatizo com esse tipo de comida.Tem algum cuidado especial quando utiliza uma caixa multibanco?Ainda há pouco fui ao multibanco e fico sempre com algum receio. Apesar de nunca ter muito dinheiro procuro sempre as máquinas que estão nos bancos para evitar problemas.O que acha de fenómenos como a novela Floribela ou os Morangos com Açúcar? A Floribela não vejo porque acho um pouco fantochada, mas é normal porque não é para a minha idade. Agora para as crianças é interessante porque alimenta aquela fantasia que é sempre importante naquelas idades. Os Morangos vejo de vez em quando e acho que tem piada. O problema é o aproveitamento até à exaustão que depois fazem destes programas.Estudar é o melhor período da vida?Estudar é a minha prioridade mas não sei se é o melhor período da vida. Talvez seja, porque não temos tantas responsabilidades. Mas também não é um mar de rosas.O que mudava em Santarém se tivesse o poder de decidir?Aumentava o patrulhamento policial para que houvesse mais segurança. É daquelas coisas que é possível de fazer e não custa muito dinheiro. Bastava haver mais uma ou duas patrulhas para que as coisas melhorassem.

Mais Notícias

    A carregar...