uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Falta de condições no Tribunal de Vila Franca

Edição de 14.02.2007 | Entrevista
Na segunda-feira, o colectivo de juízes teve a necessidade de fazer deslocar um julgamento para a biblioteca do Tribunal de Vila Franca de Xira, por necessidade de recorrer à vídeo-conferência. Juízes, guardas prisionais e arguido, entre outros, ficaram separados por escassos metros na biblioteca que se situa no primeiro andar.Como pano de fundo, o bolor na parede era revelador das infiltrações de água que a estrutura tem vindo a sofrer com as chuvas. “É o tribunal que temos”, lamentou a juiz presidente Hermínia Oliveira. “O que aconteceria se o julgamento comportasse, por exemplo, três ou quatro arguidos?”, inquiriu ainda. “Lotação mais que esgotada”, completou a magistrada.No rés-do-chão do edifício existe uma outra sala onde é possível fazer vídeo-conferência. No entanto, os colectivos vêem-se obrigados a efectuar tais diligências na biblioteca, em virtude da sala do rés-do-chão estar invariavelmente ocupada com as sessões dos julgamentos cíveis e singulares.

Mais Notícias

    A carregar...