uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Mais de um milhar de fiéis na Procissão dos Fogaréus

Edição de 11.04.2007 | Cultura e Lazer
A Procissão do Senhor da Misericórdia ou procissão dos “Fogaréus”que se realizou na Sexta-Feira Santa na Chamusca foi mais uma vez o mote para o regresso de muitos chamusquenses, migrados, à sua terra natal. No cortejo que se iniciou cerca 21h30 à luz de velas e candeias, iluminando as ruas da vila e recriando um ambiente místico, incorporaram-se mais de um milhar de fiéis.Como é tradição a parte central da vila preparou-se para esta manifestação de fé, iluminando com pequenas lanternas e lamparinas, as janelas, varandas e sacadas ao longo do seu percurso. As cinco igrejas e capelas, os Bombeiros Voluntários e o antigo Hospital da Misericórdia, são os locais visitados pela imagem do Senhor na Cruz, e estão sempre irrepreensivelmente ornamentados.O transporte dos andores e da imagem de Jesus na Cruz está a cargo da Irmandade da Santa Casa da Misericórdia. Os irmãos que fazem parte da Mesa Administrativa, envergando opas negras, revezam-se naquela tarefa ao longo da procissão.No final ainda nas escadas da entrada da Igreja da Misericórdia é feito um pequeno sermão, sempre escutado com profundo respeito pelos fiéis. Os archotes outrora usados para alumiar as partituras da Banda Filarmónica da Carregueira, são mais modernos mas continuam a dar nome de “procissão dos fogaréus” à celebração de Sexta-feira Santa.

Mais Notícias

    A carregar...