uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Hospital de Santarém com seis obstetras para aplicar lei do aborto

Hospital de Santarém com seis obstetras para aplicar lei do aborto

Edição de 11.07.2007 | Sociedade
O Hospital Distrital de Santarém inicia dia 15 de Julho a aplicação da nova lei sobre Interrupção Voluntária da Gravidez, apesar de 12 dos seus obstetras se terem declarado objectores de consciência. José Josué, presidente do conselho de administração daquela unidade, considera que os seis médicos que não se declararam objectores de consciência "são mais do que suficientes" para responder à eventual procura.Segundo disse, o hospital já registou o pedido de algumas mulheres, mas, ao contrário de outras unidades de saúde do país, decidiu não antecipar a aplicação da nova lei, estando neste momento a preparar tudo "com calma". "Queremos ter um atendimento muito profissionalizado, garantindo às mulheres o contacto sempre ou com um técnico de saúde ou com um assistente social ou um psicólogo, oferecendo-lhes as melhores condições", disse. José Josué afirmou que o HDS está a preparar cuidadosamente o suporte informativo para proporcionar às mulheres "toda a informação" sobre a IVG.
Hospital de Santarém com seis obstetras para aplicar lei do aborto

Mais Notícias

    A carregar...