uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Empreiteiro da estação de camionagem de Coruche notificado

Edição de 29.08.2007 | Sociedade
A Câmara de Coruche vai notificar a empresa responsável pela construção da Estação Central de Camionagem - com quem já rescindiu contrato por não dar seguimento às obras - para no prazo de 20 dias remover todos os materiais que se encontram no estaleiro. A autarquia não quer ser responsabilizada por quaisquer danos ou furtos que possam ocorrer no estaleiro, localizado frente a uma superfície comercial na zona das Baleias, que está vedado mas que se encontra sempre com o portão aberto.Recorde-se que o executivo municipal de Coruche decidiu a 20 de Junho aprovar a rescisão do contrato com a empresa pelo facto de a obra estar parada há cerca de três meses. Justificou o executivo que a Condop não apresentou documentos necessários à realização de trabalhos a mais que se apuraram. A empreitada fora suspensa devido a um erro no projecto relativo à estrutura da cobertura da central de camionagem, continuando o empreiteiro a debitar custos de estaleiro e outros à autarquia, alegou o executivo.Nessa altura a câmara aprovou ainda avançar com uma acção judicial com pedido de indemnização contra a empresa projectista da obra, por esta não ter apresentado qualquer rectificação às falhas detectadas no projecto da estrutura da cobertura da central de camionagem.

Mais Notícias

    A carregar...