uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Escola Internacional de Línguas na vanguarda do ensino

Escola Internacional de Línguas na vanguarda do ensino

Instalações ampliadas, aulas aos sábados, sistemas de ensino tecnologicamente avançados

Mais salas e melhor equipadas, reforço da qualidade do ensino, formação contínua dos seus professores, implementação de sistemas de aprendizagem tecnologicamente avançados e sistema de controlo de qualidade, fazem da Escola Internacional de Línguas de Santarém uma das melhores do país.

Edição de 26.09.2007 | Economia
A Escola Internacional de Línguas ampliou as suas instalações na praceta Alves Redol, em Santarém passando a dispor de mais cinco salas de aulas mobiladas e decoradas num estilo vanguardista e equipadas com os mais avançados equipamentos para a área do ensino.Equipamentos, mobiliário e salas são um sinal de evolução mas apesar de constituírem um importante investimento não podem ser vistos isoladamente. A principal preocupação da Escola Internacional de Línguas é a qualidade do ensino. E essa consegue-se com a excelência das infraestruturas e equipamentos mas principalmente com uma constante melhoria a nível dos recursos humanos e de novos métodos pedagógicos.Numa altura em que decorrem as inscrições para o novo ano lectivo é importante lembrar que os docentes que estão ao serviço da escola têm formação contínua, que se encontra em fase de implementação o Sistema de Gestão de Qualidade – norma ISSO 90001 e que já se encontra consolidado o sistema EIL (Easy and Informal Learning), cujos resultados foram excelentes no ano lectivo.Para responder à crescente procura a Escola Internacional de Línguas de Santarém vai ter aulas aos sábados e vai continuar a implementar sistemas mais eficazes para um ensino rápido e de qualidade vocacionado para adultos.A Escola Internacional de Línguas tem protocolos com diversas instituições de ensino, nomeadamente de ensino superior – o mais recente foi estabelecido com a Universidade de Aveiro – e está em negociações com universidades estrangeiras para desenvolver programas no âmbito da interculturalidade através de intercâmbio de ideias, alunos e professores. No âmbito das AEC (Actividades de Enriquecimento Cultural) tem acordos com vários agrupamentos escolares e câmaras municipais que envolvem nesta altura mais de oito mil crianças.
Escola Internacional de Línguas na vanguarda do ensino

Mais Notícias

    A carregar...