uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Projecto Casas com Gente para centro histórico de Coruche

Edição de 31.01.2008 | Economia
O projecto Casas com Gente, que a Câmara de Coruche lançou com o objectivo de repovoar o centro histórico da vila e fomentar o mercado de arrendamento e aquisição de imóveis por jovem casais, foi aprovado de forma definitiva pelo executivo municipal, após ter decorrido o período de audiência pública sem que houvesse qualquer reparo. O vereador da CDU, Isidro Catarino, alertou para o facto de o artigo 18 do regulamento do programa, no seu primeiro ponto, condicionar os candidatos que beneficiem do programa a terem de esperar oito anos para puderem vender o imóvel que entretanto tenham adquirido. Considera que esse prazo devia ser reduzido para as pessoas que tenham usufruído dos apoios camarários.O presidente da Câmara de Coruche, Dionísio Mendes (PS), referiu que o co-financiamento de rendas e prestações de compra de casas até ao máximo de cinco anos tem como objectivo criar estabilidade e residência dos agregados. E que o período de oito anos para venda dos imóveis serve para evitar que os agregados possam tirar mais valias à custa dos benefícios do programa. A proposta acabou por ser aprovada por maioria, com a abstenção de Isidro Catarino. O programa Casas com Gente subsidia a aquisição ou arrendamento de imóveis no centro histórico de Coruche para agregados com média de idades inferior a 30 anos. As rendas não podem ascender a mais de 500 euros e o valor que aquisição terá como limite os 100 mil euros. Os rendimentos de arrendatários e novos candidatos à aquisição os imóveis têm de variar entre os 350 e os mil euros mensais per capita.

Mais Notícias

    A carregar...