uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Câmara faz avença com companheira de secretário de Estado para o qual trabalha filho do presidente

Câmara faz avença com companheira de secretário de Estado para o qual trabalha filho do presidente

Município de Alpiarça vai pagar dois mil euros mensais a Ana Merelo
Edição de 31.01.2008 | Política
A Câmara de Alpiarça decidiu contratar os serviços de consultadoria jurídica em regime de avença à companheira do secretário de Estado adjunto e da Administração Interna, José Magalhães, com o qual trabalha como assessor o filho do presidente do município. A proposta para adjudicar os serviços a Ana Merelo & Associados foi apresentada pelo presidente da autarquia, Joaquim Rosa do Céu (PS), na última reunião do executivo. Até agora os serviços de apoio jurídico estavam a ser prestados pelo escritório de advogados Delgado Martins, Furtado dos Santos, Ana Merelo e Associados, em Lisboa, pelo valor mensal de 1.500 euros mais IVA, valor que não sofria alterações desde 2004. Entretanto Ana Merelo abriu um escritório também em Lisboa. E agora o município contrata os seus serviços pelo valor de 2 mil euros mais IVA. O vereador da CDU, Mário Pereira, ainda perguntou o que se tinha passado para se chegar a esta situação. O presidente do município, Joaquim Rosa do Céu (PS), respondeu que terão havido problemas entre os sócios da primeira sociedade que trabalhava com a autarquia, realçando no entanto que não sabia muito bem o que se tinha passado. Na reunião do executivo não houve grandes explicações sobre o assunto e a justificar a adjudicação do serviço à jurista, que vive com o secretário do Estado, foi apresentada uma informação interna datada de 15 de Janeiro e assinada por Ana Neves, do gabinete de apoio ao presidente Rosa do Céu. Esta refere a realização de uma consulta prévia a três juristas. Pedro Mota não apresentou qualquer proposta. António Fornelos pediu 2.050 euros e não referiu se tinha disponibilidade para se deslocar a Alpiarça em todas as circunstâncias que se manifestassem necessárias. Ana Merelo pediu 2 mil euros e mostrou-se disponível para comparecer na câmara quando for solicitada. Todos os profissionais contactados têm escritório em Lisboa.Recorde-se que o filho do presidente da câmara, João Pedro Rosa do Céu, recém-licenciado em Direito, foi nomeado pelo secretário de Estado José Magalhães para prestar funções de assessoria na área da sua especialização no seu gabinete. A nomeação foi efectivada pelo despacho nº 4231/2007, assinada pelo governante em 8 de Fevereiro de 2007 e publicada em Diário da República em 7 de Março de 2007, referindo que João Rosa do Céu tem uma remuneração equiparada à de adjunto, sem despesas de representação.
Câmara faz avença com companheira de secretário de Estado para o qual trabalha filho do presidente

Mais Notícias

    A carregar...