uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Danças da Europa, Ásia e África no concelho de Almeirim

Danças da Europa, Ásia e África no concelho de Almeirim

I Festival Internacional de Folclore de Benfica do Ribatejo

De 24 a 27 de Abril os grupos do concelho e estrangeiros vão percorrer as quatro freguesias em diversas iniciativas

Edição de 17.04.2008 | Cultura e Lazer
Cerca de 400 elementos de nove agrupamentos folclóricos estrangeiros estão confirmados para o I Festival Internacional de Folclores de Benfica do Ribatejo, que se vai realizar no concelho de Almeirim de 24 a 27 de Abril. Aos grupos que vêm dar um colorido grande ao evento somam-se os cinco ranchos folclóricos de Almeirim.A estreia do Festival Internacional de Folclore de Benfica do Ribatejo está a ser preparada há ano e meio e promete. Os grupos estrangeiros chegam de África, Ásia e Europa. O evento foi criado com o objectivo de engrandecer o folclore e os grupos do concelho indo mais além do que as actuações pontuais que vão surgindo por convite.A ideia surgiu com base nas diversas visitas do Rancho Folclórico de Benfica do Ribatejo (RFBR) ao estrangeiro e, em particular, ao Festival Mundial de Danças Folclóricas de Palma de Maiorca. Um evento de nível mundial que conta com mais de 60 grupos de 30/40 países. “Queremos dar visibilidade a Benfica do Ribatejo e ao concelho de Almeirim. Não apenas ao folclore, como às tradições, cultura, gastronomia, turismo, porque folclore é tudo isto”, refere o presidente do RFBR e do secretariado do festival, Ricardo Casebre.”Os ranchos folclóricos de Paço dos Negros, de Fazendas de Almeirim, da Casa do Povo de Almeirim, de Benfica do Ribatejo e “Os Camponeses” da Raposa são os anfitriões. Há ainda que contar com os grupos internacionais da Sicília (Itália), Salónica (Grécia), Turquia (dois), Senegal, Finlândia, Inglaterra, India e Jordânia. Havendo ainda a possibilidade de contar com mais dois agrupamentos do Gana e Gâmbia.Um evento que conta com o apoio da Caixa Agrícola de Benfica do Ribatejo Sul, Câmara de Almeirim, as juntas de freguesia do concelho, dos grupos participantes e da Associação do RFBR, além dos cerca de 150 voluntários, dos agrupamentos de escuteiros de Benfica e de Fazendas e elementos do secretariado, composto por representantes do rancho, da câmara, comunicação social, Misericórdia de Almeirim, bombeiros e GNR. Os líderes de grupos criaram subgrupos para realizar as diferentes tarefas. Carpintarias, publicidade e marketing, estruturas, limpeza, etc. Nem vão faltar artigos de merchandising, como t-shirts e sweat-shirts.Os grupos estrangeiros vão tocar pelas freguesias em actuações, dois de cada vez. Ficam instalados nas unidades hoteleiras de Almeirim e, provavelmente, Santarém. Além de também ficarem na herdade dos Gagos, em Paço dos Negros, e na Estação Zootécnica Nacional. Terão alojamento e pequeno-almoço onde ficarão instalados e almoço. O jantar será assegurado pelos grupos do concelho que os recebem. “Além da gastronomia, da cultura e costumes, das paisagens, os grupos de fora vão também poder passear no centro histórico de Santarém”, realça Irene Sequeira, elemento do secretariado. “Esta data do 25 Abril foi também aproveitada para o evento ser ainda mais recordado”, acrescenta Ricardo Casebre. Os grupos actuam nos pavilhões e recintos de todas as freguesias - Almeirim, Benfica, Fazendas e Raposa – além de desfilarem nas ruas. As entradas nos diferentes recintos são gratuitas mas mediadas por convite para evitar confusões e garantir a segurança. Se tudo correr bem, o festival regressa a Benfica do Ribatejo em edições bienais. Programa recheadoO festival abre oficialmente a 24 de Abril com a recepção oficial nos paços do concelho pelas 18 horas, mas nos dois dias antes já há o que fazer. “O mundo aqui tão perto” é a exposição que abre na galeria municipal de Almeirim. Segue-se animação no pátio interior da autarquia. Dia 23 é lançada a obra “A cronologia de Almeirim”. A cerimónia de abertura do festival realiza-se às 21 horas de dia 24, com a apresentação de todos os grupos no Cine-Teatro de Almeirim. Haverá música e dança nos jardins da biblioteca e fogo de artifício pela meia-noite. A partir das 00h30 as noites ribatejanas de convívio estão asseguradas na sede da Associação Recreativa e Cultural de Benfica do Ribatejo.São os grupos anfitriões do concelho que fazem a recepção aos seus congéneres estrangeiros às 09h30 de dia 25 de Abril. À noite todos desfilam e atravessam a vila, antes da gala de folclore no pavilhão de Benfica.O parque da zona norte de Almeirim recebe um piquenique e dali parte o desfile pelas ruas da cidade com todos os agrupamentos, em direcção à praça de touros, onde irá decorrer dia 27 a gala de encerramento do festival, com jantar posterior a realizar na quinta da Feteira. Mas informações acerca do festival podem ser consultadas em http://festfolclorebenficaribatejo.blogspot.com.
Danças da Europa, Ásia e África no concelho de Almeirim

Mais Notícias

    A carregar...