uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Afastem de mim esses cães

Edição de 17.04.2008 | O Mirante dos Leitores
Não tenho nada contra os cães mas não gosto de pisar os seus excrementos quando ando pelas ruas. Não tenho nada contra os cães mas não gosto que eles saltem em fúria aos portões das vivendas, quando eu vou a passar, quase me matando de susto. Não tenho nada contra os cães mas não gosto de ser acordado às tantas da manhã pelo ladrar dos dois cães que os meus vizinhos têm. Não tenho nada contra os cães mas não gosto de ser mordido, mesmo quando as mordeduras apenas me rasgam a roupa ou deixem como único sinal aquela baba viscosa nos meus braços ou pernas. E eu já fui mordido três vezes. Não tenho nada contra os cães mas não gosto de os ver passear, ao lado dos donos, sem trela nem açaimo porque, sendo um pobre ignorante em matéria de interpretação de intenções de pessoas e cães, nunca sei quando um deles me vai atacar. Não tenho nada contra os cães mas revolto-me quando oiço notícias de pessoas mortas ou feridas por cães. Não tenho nada contra os cães mas sei que vivo numa sociedade agressiva onde há pessoas que usam os cães como armas. Não tenho nada contra os cães mas não gosto que o caniche da senhora que costuma estar na pastelaria onde vou tomar o café, me venha urinar nas calças e lamber os sapatos. Não tenho nada contra os cães mas não gosto que os outros me imponham os seus animais como se eu fosse obrigado a gostar deles. Não tenho nada contra os cães e condeno todos aqueles que os maltratam mas, confesso, às vezes apetece-me maltratar…os donos de alguns cães. Rui Ricardo

Mais Notícias

    A carregar...