uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Sobre a má educação dos alunos e o uso abusivo dos telemóveis

Edição de 26.06.2008 | O Mirante dos Leitores
Tenho um filho com 12 anos que tinha um telemóvel que levava para a escola algumas vezes porque eu, de vez em quando, precisava de entrar em contacto com ele. Depois de surgirem as primeiras notícias de desacatos nas escolas por causa dos telemóveis, a directora de turma do meu filho disse na sala de aula que quando levassem telemóveis para a escola os desligassem e entregassem à professora de cada disciplina.O Ruben entrou na sala de EVT e entregou o telemóvel à respectiva professora conforme estipulado pela directora de turma. A aula decorreu e como era uma aula prática andavam todos de pé de um lado para o outro. Tocou para o intervalo e o Ruben saiu por uns instantes da sala de aulas. Ia a meio do corredor quando se lembrou do telemóvel. Voltou para a sala onde ainda estava a professora e alguns colegas e já ninguém soube do telemóvel. Fiz queixa na polícia, participei na escola e agora ninguém assume a responsabilidade. Será que não eduquei bem o meu filho? Será que ele cometeu algum tipo de crime ao acatar a ordem dada? Parece que sim, porque o Ruben só tem 12 anos e não deveria ter telemóvel. Sinto-me muito revoltada por esta situação e o miúdo ainda mais porque era uma prenda porque esperava há muito. O regulamento interno da escola não proíbe o uso de telemóvel dentro do recinto escolar, mas apenas dentro das salas de aulas.Carla Larião

Mais Notícias

    A carregar...