uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Rita Duarte

Rita Duarte

31 anos, hospedeira de terra, Santarém

“Eu gosto muito de futebol mas confesso que nunca fui a um estádio. Há desportos que encaixam melhor nos homens do que nas mulheres, como é o caso do futebol”.

Edição de 19.02.2009 | Agora falo eu
2009 vai ser um ano melhor?É importante que as pessoas pensem que 2009 vai ser um ano melhor, porque nos dias que correm, se não tivermos um pensamento positivo, com a crise que nos rodeia não vai ser nada fácil enfrentar os problemas.O que gostava que mudasse este ano?Era bom que a crise económica não se agravasse, para que as pessoas e as famílias pudessem ter alguma estabilidade económica e social. E conseguissem viver com condições mínimas. Porque hoje em dia não se vive… sobrevive-se!!!Compensa utilizar as auto-estradas?As auto-estradas facilitam muito a vida das pessoas em termos do tempo que se ganha nas deslocações. Mas nem sempre compensam porque são caras e não estão conservadas nas condições em que deviam estar.Alguma vez a convidaram para a política? Tenho um cunhado que é militante de um partido político, mas essa é uma área que não me seduz. As mulheres deviam ir mais ao futebol?Não necessariamente. Eu gosto muito de futebol mas confesso que nunca fui a um estádio. Há desportos que encaixam melhor nos homens do que nas mulheres, como é o caso do futebol.Os problemas do futebol em Portugal são por causa da arbitragem?Muitos são…É hospedeira de terra porque tem medo de andar de avião?Trabalho no aeroporto de Lisboa há cerca de nove anos e é um trabalho que cativa imenso. Gosto muito, porque acho importante acompanhar o trajecto do passageiro desde que chega ao aeroporto até embarcar no avião. Trabalho actualmente num sector de reservas e emissões de bilhetes, na área das reclamações. Quanto a ir para bordo de um avião, confesso que ainda não “mexeu” comigo, mas um dia quem sabe! Medo? Nem pensar!!! Adoro!!Costuma mascarar-se no Carnaval?Já me mascarei muito noutros anos, mas ultimamente tenho trabalhado sempre nesta altura do Carnaval. O país defende as suas tradições?Cabe também a nós defendê-las, mas nem sempre o fazemos com a dedicação que outros, de outros países, o fazem em relação aos seus países.Costuma acompanhar a situação das taxas de juro?Quando se tem o empréstimo de uma casa para pagar e quando o mundo está em crise, é preciso estar sempre actualizado em relação ao que temos que pagar para não sermos apanhados de surpresa.Qual é o filme da sua vida?Não tenho nenhum filme da minha vida, mas confesso que houve vários que me marcaram e que reflectem casos reais.
Rita Duarte

Mais Notícias

    A carregar...