uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Câmara reduz jornais e revistas nas bibliotecas

Câmara reduz jornais e revistas nas bibliotecas

Diminuição de custos para metade desagrada aos leitores

Autarquia corta nos jornais e revistas disponíveis para consulta.

Edição de 26.02.2009 | Sociedade
O número de jornais e revistas disponíveis nas bibliotecas do concelho de Vila Franca de Xira está a diminuir. A câmara reduziu o número de publicações disponíveis nas instalações, medida que já despertou críticas junto dos cidadãos e da oposição. A compra de dois diários alterna conforme os dias, ao fim-de-semana só há uma revista semanal e um jornal semanário e as revistas de informática foram reduzidas a um quarto. No final do mês, apurou O MIRANTE, a poupança reduziu em cada um dos espaços uma despesa de 150 para 62 euros. E no final do ano, as bibliotecas conseguem uma poupança de cerca 3000 euros.O corte ocorreu nas bibliotecas municipais de Alverca, Castanheira do Ribatejo, Forte da Casa, Póvoa de Santa Iria (Quinta da Piedade) e Vialonga. Em Vila Franca de Xira, todas as publicações têm sido disponibilizadas. João Rodrigues, frequentador habitual das bibliotecas municipais foi uma das primeiras vozes críticas a levantar-se contra a medida. O cidadão protestou em reunião de câmara pela redução das publicações e reclama a reposição da situação. “Nesta época de desemprego, de manhã, ao final da tarde e especialmente ao fim-de-semana, as bibliotecas recebiam a visita de muitas pessoas para se informarem e mesmo para procurar oportunidades de emprego. Agora, estão às moscas”, relatou.Entre as forças políticas na oposição, a revolta pela falta de imprensa disponível também se fez sentir. Bernardino Lima, deputado municipal da CDU, acusa a autarquia de contribuir para que os cidadãos, ao poder ler apenas uma publicação diária em cada “não possam desenvolver uma lógica de pensamento”. O eleito considera que “se as revistas e jornais são uma das formas de atrair as pessoas para a cultura e a leitura de livros, reduzi-las só as afasta”. O eleito comunista comparou as bibliotecas municipais de Vila Franca de Xira à biblioteca municipal do Carregado, no concelho de Alenquer, onde são disponibilizados, todos os dias, seis jornais diários, além de três semanários nacionais, três regionais e vinte revistas mensais. Do lado da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, a vereadora da cultura, Conceição Santos, justificou a redução das publicações com a crise económica que o país atravessa. A autarca anunciou ainda que os leitores das bibliotecas de Vila Franca de Xira vão escolher as publicações que querem ler. Desde 23 de Fevereiro decorre até ao final da semana um inquérito aos leitores para determinar quais as revistas e jornais preferidos de quem frequenta as bibliotecas do concelho.
Câmara reduz jornais e revistas nas bibliotecas

Mais Notícias

    A carregar...