uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Jovens de Riachos conquistaram a Taça do Ribatejo de Futsal Feminino

Jovens de Riachos conquistaram a Taça do Ribatejo de Futsal Feminino

Riachense venceu o Cartaxo (5-1) na final disputada em Alcanena

A equipa feminina do Clube Atlético Riachense conquistou a Taça do Ribatejo de Futsal. Na final da primeira prova da época, a vitória 5-1 sobre o Sport Lisboa e Cartaxo, alicerçada numa segunda parte demolidora, esconde algum equilíbrio que se registou durante a maior parte do jogo.

Edição de 04.03.2009 | Desporto
As jogadoras do Sport Lisboa e Cartaxo tiveram uma entrada forte no jogo da final da Taça do Ribatejo. Ainda havia adeptos das duas equipas a entrar no pavilhão da Escola Secundária de Alcanena e já o Cartaxo vencia por um golo sem resposta.Só que a equipa de Riachos recompôs-se rapidamente e logo chegou ao empate. O resultado começou a desenhar-se aos quatro minutos, quando a cartaxense Pulga, fugiu a uma adversária e bateu a guarda-redes Zeca.A equipa do Riachense reagiu rápido e três minutos depois, numa jogada individual dentro da área, Ana Marques empatou o jogo. O empate 1-1 que se registava ao intervalo era normal, e as duas equipas mostraram ser dignas uma da outra.Para a segunda parte as riachenses entraram no jogo com outra disposição, e pressionaram as suas adversárias, que pareceram acusar algum cansaço e, logo no segundo minuto, chegaram ao segundo golo. Foi num lance infeliz da cartaxense Cristina, que na ânsia de cortar um cruzamento, introduziu a bola na sua própria baliza.O Riachense, ficou mais à vontade, passou a jogar no contra-ataque e os lances de perigo sucediam-se junto da baliza cartaxense. E após uma jogada rápida de contra ataque, Vânia Jorge isolou-se e só frente a Marta aumentou a vantagem para 3-1. Tudo parecia resolvido. A equipa do Cartaxo ainda teve uma boa reacção, veio para a frente e disso se aproveitou a equipa do Riachos, que numa bonita jogada, em velocidade e ao primeiro toque, entre Ana Marques e Cristina Tomás, deixou Ana só frente a Marta. A jovem guarda-redes do Cartaxo ainda defendeu o forte remate de Ana Marques, mas foi impotente para defender a recarga de Cristina Tomás.As cartaxenses não se entregaram, mas as riachenses estavam muito melhor fisicamente e não lhes deram grandes veleidades. Ainda antes do final do jogo, chegaram ao 5-1. E mais uma vez foi a número 17, Ana Marques a fazer das suas.Dentro da área aproveitou um cruzamento da esquerda, para de primeira atirar a bola para o fundo da baliza defendida por Marta.Foi uma vitória justa da equipa de Riachos, mostrou melhor futsal, melhor preparação e melhor banco. O treinador Paulo Mira tem à sua disposição 12 jogadoras capazes de integrar o cinco titular em qualquer altura. A treinadora do Cartaxo, Flávia Florindo tem mais dificuldades, o cinco titular tem muito valor, mas depois falta-lhe retaguarda. A final foi disputada a quatro. E nos jogos preliminares, disputados no sábado, o Riachense venceu 2-1 o Centro de Estudos de Fátima, no jogo que foi a verdadeira final da prova. O Cartaxo venceu 4-2 o Clube Amador de Desportos do Entroncamento. No domingo, o Fátima venceu 5-0 o CADE.As duas equipas que jogaram a final alinharam da seguinte forma: Clube Atlético Riachense – Zeca, Sandra Mesquita, Vânia Jorge, Sandra Samuel, Ana Marques, Edite, Vera Raimundo, Filomena Alcobaça, Cátia Tomás, Teresa Trindade, Joana Lemos e Patrícia Nunes. Sport Lisboa e Cartaxo: Marta, Cristina, Suzana, Dina, Pulga, Mafalda, Rosário, Vanessa, Raiane e Dany. “Agora vamos pensar no campeonato” O treinador do Riachense, Paulo Mira, estava bastante satisfeito. “Não é todos os dias que se conquistam troféus, e a Taça do Ribatejo é uma prova com prestígio não é uma prova qualquer”, disse, acrescentando que agora vai “tentar melhorar algumas coisas que há para corrigir, para tentar chegar ao título. Não vai ser fácil, temos vantagem nos resultados com as equipas que estão na luta, temos um ponto a menos do que o Fátima que é o líder, e um ponto a mais do que o Cartaxo que está em terceiro. A luta vai ser empolgante até ao fim, e nós vamos estar nessa luta de certeza”.A treinadora do Sport Lisboa e Cartaxo, Flávia Florindo, lamentou a escassez do plantel mas fez questão de elogiar a franca evolução da sua equipa. “É um grupo de jovens que tem lutado muito e tem evoluído muito. Mas só temos sete ou oito jogadoras, e jogar dois jogos intensos mo mesmo fim-de-semana pesou muito. Não contestamos a vitória do Riachos, mas se tivéssemos um banco mais recheado, a luta teria sido maior”.O grande objectivo é agora o campeonato. “Estamos na luta, temos uma equipa que se bate sempre bem em cada jogo, e o que podemos garantir é que até ao fim têm que contar connosco”, disse Flávia Florindo.
Jovens de Riachos conquistaram a Taça do Ribatejo de Futsal Feminino

Mais Notícias

    A carregar...