uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Paulo Portas apresentou candidatos às legislativas e à Câmara de Santarém

Paulo Portas apresentou candidatos às legislativas e à Câmara de Santarém

Gestor bancário Tiago Leite é o número um da lista ao município escalabitano
Edição de 29.07.2009 | Política
O presidente do CDS/PP, Paulo Portas, deslocou-se na manhã deste domingo a Santarém para visitar o mercado quinzenal e apresentar o cabeça de lista do partido às legislativas pelo círculo de Santarém, Filipe Lobo d’Ávila, e o candidato à presidência da Câmara Municipal de Santarém, Tiago Leite.Paulo Portas elogiou os candidatos e apontou como objectivo a nível distrital a recuperação do deputado perdido nas legislativas de 2005. “Garanto que o Ribatejo vai ter novamente uma voz da direita a sério na Assembleia da República”, declarou o líder nacional do CDS perante cerca de meia centena de apoiantes na Casa do Brasil.Filipe Lobo d’Ávila é membro da Comissão Directiva Nacional do CDS-PP. O candidato, com raízes familiares em Almeirim, tem 34 anos, é advogado, foi director-geral do Ministério da Justiça e é um dos principais nomes do partido para as questões da justiça.Quanto às autárquicas, apelou aos militantes para apoiarem Tiago Leite, um gestor bancário que o presidente do partido classificou como um homem de carácter que “não é mentiroso e diz o que pensa”. Paulo Portas disse ainda que a Câmara de Santarém “faz mais figura que obra” e que “é preciso que entre na câmara alguém com sentido de responsabilidade financeira”. E acrescentou: “O CDS não quer ir para as câmaras para criar empresas municipais para arranjar empregos para as clientelas, nem quer ir para as câmaras para aumentar o endividamento hipotecando o futuro”.Antes, já o presidente da distrital do CDS, Herculano Gonçalves, havia definido Tiago Leite como o candidato à Câmara de Santarém com melhor qualidade e mais preparado para enfrentar as dificuldades financeiras. “A Câmara de Santarém é uma das mais endividadas do país e tem de ser um gestor com provas dadas a ajudar a resolver o problema. O CDS é o único partido que apresenta como cabeça de lista um gestor e é bom que isso seja dito às pessoas”, referiu.Tiago Leite aproveitou para indicar Aires Lopes como número um da lista à assembleia municipal, onde já é eleito, esperando que o CDS possa aumentar a sua representação nesse órgão. Quanto às suas propostas, no pouco tempo em que discurso, referiu a necessidade de se dar mais atenção ao cento histórico, que na sua óptica tem sofrido algumas operações de cosmética mas carece de uma intervenção de fundo. Apontou como uma das suas propostas para essa zona a criação de um projecto de segurança e noutra área, a necessidade de garantir melhores acessibilidades aos terrenos agrícolas, designadamente no chamado campo do rossio.
Paulo Portas apresentou candidatos às legislativas e à Câmara de Santarém

Mais Notícias

    A carregar...