uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Câmara de Santarém promove projecto ribeirinho no Salão Imobiliário de Lisboa

Autarquia quer realçar potencialidades do concelho para atrair investidores
Edição de 16.09.2009 | Economia
A Câmara de Santarém vai estar representada no SIL – Salão Imobiliário de Lisboa, que decorre de 17 a 20 de Setembro, nas instalações da FIL – Feira Internacional de Lisboa. A participação visa divulgar o projecto de requalificação da Frente Ribeirinha de Santarém – Reviver Santarém. “Esse projecto tem como estratégia a construção de um dique que libertará a zona ribeirinha das cheias e simultaneamente a transformará no grande parque da cidade”, anuncia a autarquia.Também está prevista a construção de um passeio ribeirinho que ligará Alfange à Ribeira de Santarém, onde vai ser possível desenvolver actividades ligadas ao rio. Outro objectivo passa pela criação de um Pólo Universitário de Ciências Gastronómicas a implantar na antiga fábrica de Alfange. O investimento global estimado pelo município é de 95 milhões de euros, a realizar até 2014. O projecto foi objecto de candidatura ao QREN – Quadro de Referência Estratégico Nacional, no âmbito da Regeneração Urbana, estando a apreciação em curso.A câmara pretende mostrar a cidade a potenciais investidores, pelo que “a participação no SIL pretende salientar os atractivos decorrentes da centralidade geográfica da cidade de Santarém do ponto de vista das acessibilidades, muito importante para os sectores da indústria de distribuição e logística, a que acrescem mais dois factores decisivos para a captação de investimento e fixação de pessoas neste território, nomeadamente, a alteração ao traçado da linha ferroviária do norte e a proximidade do novo aeroporto”. A criação de um novo terminal rodo-ferroviário na zona norte da cidade vai criar uma nova centralidade nos próximos anos e permitirá deslocações mais céleres a Lisboa. Santarém ficará a 30 minutos da capital do país utilizando o comboio. “Este factor é decisivo para o sector imobiliário, em especial o mercado de habitação. Efectivamente, a proximidade à capital e menor custo de aquisição de habitação associado a maior qualidade e menor custo de vida, fará de Santarém um destino de primeira eleição” lê-se numa nota de imprensa distribuída pela autarquia.“Espera-se que a sua presença no SIL 2009 continue a projectá-la junto de promotores imobiliários e que continue a despertar o interesse por parte de investidores, quando lhes é mostrado que Santarém reúne boas condições para fixar empresas, é célere no licenciamento e que beneficia de uma posição geográfica estratégica, entre muitas outras mais-valias”, lê-se ainda.

Mais Notícias

    A carregar...